Pages

sexta-feira, 11 de março de 2011

Porque uma religião?

  Queridos, eu lhes pergunto, porque uma religião? No dicionário diz:
  Religião, crença na existência de força ou forças sobrenaturais. Manifestação de tal crença pela doutrina e rituais próprios. Devoção.
  No estudo teológico a religião é a estabilização e o sentido espiritual do ser humano, cuja o crer maior é tomado por uma fé.
  Des dos tempos em que o primitivismo tomava conta do planeta o ser humano sempre teve um ser e uma entidade ou varias, acima de si mesmo, em status e poder. A religião esta presente na vida do homem a milênios, ela levou o homem a se guerrear e encontrar a paz no dialogo.
Religião nos dias de hoje é o instrumento da inteligência e intelecto que conhece a Deus, e outras intidades "divinas". Hoje em dia o que ela apresenta não é levado tão a serio, as vezes nem pelos seus fiéis e seguidores.

" A partir da religião o homem encontrou um sentido para a vida, em que um ser maior tomou um lugar substancial na vida do homem"          Padre Zezinho

  Mas porque seguir uma religião?
  A religião não é vaga! Ela é substancia a todos os seres! É importante seguir uma crença pois ela é importante e contribuinte nos assuntos dentro da moral, ética e respeito ao próximo, gerando assim o ecumenismo.
  O ecumenismo é a chave para a paz na religião, o dialogo e o respeito é essencial a vida dentro de um crer!

  "Ecumenismo é a esperança para a paz entre as religiões!   Papa João XXIII

  O grande problema da religião é a alta valorização. o orgulho que fala mais alto e a supremacia que atinge, tantos creres que se pronuncia unicos.  
  É natural que cada crer se pronuncie como uma doutrina voltada para a verdade, mas a verdade que é Deus. As doutrinas especificamente dentro do cristianismo ao todo deve ter Deus obviamente como centro da fé e verdade absoluta. O resto fica por conta da religião, ou seja, da doutrina, que é criação da mente humana, procurando um contato maior com o divino.

  "A religião é uma das portas para uma vida melhor, vivendo na ética, na moral e no respeito ao proximo!"

  A religião é sem duvida um buscar de fervor pela paz e fraternidade. Nenhuma religião prega as guerras e o derramamento de sangue, muito pelo contrario, todas elas defendem o bem comum, a vida na fraternidade e a comunhão fraterna e bondosa entre todos os seres.
  O que infelizmente existe é certos grupos super extremistas e rebeldes que pensam ser os donos da verdade e de todo pensamento humano e divino.
  Estes grupos extremistas em vez de organizar protestos pacíficos e organizações em defesa do povo e seus direitos,  esta derramando sangue em nome de seu crer. Estão usando a violência em nome de Deus, nos lembrando os tribunais do santo oficio da santa inquisição que queimou e torturou em nome da sua   crença e do próprio Deus. Mas hoje graças ao bom senso a igreja que um dia foi toda poderosa, hoje se arrepende amarga-mente e pede perdão pelo que fez!

  "Que prevaleça a vontade de Deus, e não a do homem, que de em vez de usar a boca para dialogar, usa sua espada com raiva para expor seus ideais!"

  Você deve pensar da seguinte maneira:
  A que bom seria se tivesse realmente uma religião!
  Realmente, que bom seria! Mas lembro que Deus é um só para tantos creres! A religião se divide em tantos aspectos e creres, mas não para que aja conflitos, mas sim que nasça o respeito pelos tantas religiões, e para que o ser humano entenda que Deus esta em todo lugar!

  "Deus é um, mas se deixa encontrar em tantos e tantos creres!"


  Lucas de Almeida Moraes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário