Pages

terça-feira, 3 de maio de 2011

Afinal, o mundo esta pronto para receber a paz?

  Queridos, nestes dois séculos XX e XXI se formos pesquisar na história global veremos que foi o período histórico que mais ditadores, terroristas e inimigos da justiça estiveram no poder. Veremos também que foram séculos que abrigaram a I e II Guerra Mundial, guerras desoladoras e catastróficas como a do Vietnam e a Guerra Fria.
  O que percebemos é que o homem esta retrocedendo, seus ideais não são de um mundo com mais justiça igualitária, em vez de aumentar a justiça está indo por água abaixo por ideologias como: A guerra de hoje é a paz de amanhã! Sim, tanto é que esta frase foi dita no ano de 1942 na II Guerra Mundial, e até hoje eu não vi esta paz que a guerra nos deixou. Depois de quase 80 anos a unica coisa que a guerra nos trouxe foi a raiva, a ganância e a sede doentia por poder.
  Mais que paz é essa que se conquista com a morte?

É pela arma que vamos chegar a paz?
  Que paz é esta que está no calibre de uma arma?

  Que paz é esta que destrói famílias que é a maior dádiva de Deus?

  É assim, com o ódio da guerra e da matança que nem é mais escandalizada que vamos chegar nesta paz?

O homem está andando de marcha ré, ele sim é retrógrado e não a igreja que tanto sofre por isso! Os ideais da sociedade unida foram jogadas no lixo, e junto com ela o bom senso!
  E ainda temos que escutar de chefes de nações que tempos de paz nos espera? Certamente o que nos espera são milhares de vidas perdidas, e o terror da guerra que já está acontecendo, e cada dia vai aumentando, é mais gente morrendo, crianças ficando sem seus pais e por assim vai. A guerra que mata e destrói, a guerra que é contra os pensamentos da igreja, a guerra que vai contra o próprio Deus, pois quem mata o próximo, mata uma criatura e um filho de Deus, e portanto destrói a criação do Pai!
  Meus amigos, filosofem um pouco comigo: se Jesus Cristo voltasse hoje, como ele veio há 2011 anos passados, ele não seria caçado? Talvez Cristo seria um inimigo do estado, pois ninguém quer um revolucionário que luta pela palavra, mas sim pela espada! O homem não confia mais nem em sua própria palavra, temos medo da própria sombra, e é assim que vamos conseguir a paz? Da forma que está só se for uma paz mesquinha, cada um no seu canto, na fofoca alheia, nas apunhaladas pelas costas, um morre aqui outro morre ali e assim fica.
Não existe justiça pela arma, mais sim pela palavra!
   Isso é inaceitável! Se queremos viver em paz, que esta paz seja verdadeira e completa, e não fajuta! A paz que temos que viver é baseada nos conceitos divinos, como a fraternidade, a tolerância, o respeito, o amor pelo próximo, o controle da raiva, a ausência da ganância e o amor pelas coisas que vem de Deus.
  Este é o papel da Igreja, espalhar a verdadeira paz, inspirada na pessoa que foi Jesus Cristo, e cabe também ao judaísmo, islamismo, budismo e todas as religiões, espalharem a paz pelo ecumenismo, diálogo e a diplomacia na base da tolerância.
  Ser igreja e cristão é saber que sozinhos não conseguimos agir, mas pela união em Deus e por ele nos inspirar, nós iremos longe, e como diz as sagradas escrituras: que todas as nações reconheça que Deus é o Senhor de todas as coisas, e tendo ele como senhor e grande comandante, nós chegamos a paz!

  "O diálogo e a igreja irão ser os justiceiros que lutarão pela paz!"

  Amigos, espalhe a verdadeira paz, e não a mentira do mundo, nas horas de fraqueza se una com seu próximo porque na união nós encontramos a força!

  Lucas de Almeida Moraes.
A paz precisa ser reformada ou melhor, precisa ser construída novamente! 

5 comentários:

  1. Parabéns,
    concordo Luu,
    o mundo precisa descobrir a verdadeira paz.

    ResponderExcluir
  2. Lucas, gostei muito deste texto. Como você mesmo disse, "Que paz é esta que está no calibre de uma arma?" Nenhum tipo de pacificação precisa ser financiada em guerras. A pseudo paz referida pelo sr. presidente Obama é referente à paz de poder, aonde a nação presidida por ele reinaria com o consentimento das outras nações. Não sei definir se é sorte ou falta dela existirem pessoas que são contra a exploração que esse país, que se julga um país livre, exerceria e/ou vem exercendo, sobre vários países no mundo contemporâneao. O real significado de paz para essas pessoas, que não dão valor à humanidade de civis inocentes que morrerão, é poder.
    Beijos pra você :D.

    ResponderExcluir
  3. Ótima visão Lucas!!
    A tempos vemos em muitos lugares que a paz será alcançada, mas como você mesmo disse "Não existe justiça pela arma, mais sim pela palavra!"
    Pra tentar trazer paz ao mundo o homem provoca mais guerras e como diz aquela antiga frase: "Violência gera mais violência". Somente através da Palavra é que vamos conseguir alcançar a paz.
    Abraços aee e parabéns pelo blog =)

    ResponderExcluir