Pages

segunda-feira, 2 de maio de 2011

É assim que vamos chegar a paz?

  Nesta madrugada de Domingo para Segunda-feira, mais precisamente as zero horas e trinta e dois minutos, foi anunciado que o grande líder da facção Al-qaeda foi morto por tropas norte americanas. Osama Bin Ladem  é responsável por escabrosidades, espalhar terror a humanidade, e crimes contra os direitos humanos.
Osama Bin Ladem,
 ex líder da Al-qaeda
  Na mesma hora o senhor presidente dos EUA, Barack Obama, deu um pronunciamento na casa branca, vangloriando o seu país e seu exército, e ainda disse de tempos de paz.
  Meus amigos, discordo totalmente do presidente, talvez os EUA tenha assinado o que eu chamo de tratado de morte, quando matou Osama.
  Guardem minhas palavras de agora em diante, muitos atentados irão acontecer, não só contra os norte americanos, mas também contra todo o ocidente. Nós temos que entender que os EUA não matou simplesmente o Osama, eles tem de a perceber que eles colocaram o dedo na mais profunda ferida dos seguidores de Osama. Não é por causa que Bin Ladem morreu que nós vamos conseguir a paz, porque talvez quando Bin Ladem foi morto nós ficamos mais longe da paz! Assim como um líder cai, outro pode se levantar!
  Amigos, vivemos um período da nossa história em que não são mais facções terroristas e nem comunidades rebeldes que se guerreiam entre si, mas sim grandes conflitos entre grandes e pequenas potências. Países estão em guerra, e sabemos bem que a Al-qaeda se tornou pela pessoa de Osama uma ideologia nacional no Paquistão e nos arredores deste país.
  A cada dia que passa estamos mais próximos de mais uma grande guerra, e se me permite dizer, as escrituras sagradas estão se concretizando a cada dia que passa!

  "Deus queira que eu esteja errado!"

  Pena que ainda muitos intelectuais pensam que a paz chega com o sangue! A única paz que foi retirada do sangue foi o do Cristo, que derramou até a última gota.
É assim que vamos
 chegar a paz senhor presidente?
  Amigos, vocês que são igreja abram bem os olhos, porque vivemos tempos onde não se vangloria a paz, mas sim a guerra como matéria de superioridade.
  Eu faço a seguinte pergunta, e quero que vocês mesmos respondão para si mesmos:
  Matar Osama Bin Ladem foi um método para chegarmos a paz?
  O homem é cego ou se finge de cego em certas coisas, quando se pensa que esta chegando a paz, logo vem a guerra! E temos isso na nossa história universal, um exemplo é a Alemanha no final da década de 1930, quando o país estava na miséria, ai então surge o salvador da pátria que jurava a paz, mais tarde Adolf Hitler espalhou e plantou um regime ditador que se deu a guerra, a II Guerra Mundial (1939-1945).

  "Acordaram o dragão adormecido!"

  "O lobo tirou a fantasia de cordeiro!"
A festa de hoje pode se tornar lágrimas amanhã!
Protestos pela causa da morte do líder supremo da Al-qaeda
   A vocês e a todos nós que somos igreja peço a tolerância e que não caia em ideologias falsas e muito menos na ideologia da guerra. Que neste momento que não são de rosas mais sim de balas e armas, sigam firmes na fé, orem pelo próximo que se encontra agora em guerra, orem pelos países que estão em conflito e continuem pregando a paz pela boa nova que é Deus.
  E também alerto para vocês, estejam preparados para as tribulações, porque como diria o meu querido amigo padre Luiz:

  "O mundo assinou um tratado de guerra, e não foi com tinta e nem caneta, mais sim com o sangue de Osama Bin Ladem!"

  Lucas de Almeida Moraes.
Torres gêmeas sendo atacadas por aviões, controlados por terroristas suicidas, um símbolo do capitalismo norte americano vindo abaixo. 11 de setembro de 2001.

6 comentários:

  1. As vezes isso não quer dizer sinonimo de paz, mas será que ele (Bin Laden) não controlava a Okaida "por trás"?

    ResponderExcluir
  2. Eu concordo plenamente com tudo que foi dito no texto,a paz não se conquista com derramamento de sangue,nós temos que abrir nossos olhos,porque a cada dia que passa o ser humano está se tornando um "monstro".

    ResponderExcluir
  3. sera q com a morte de bin laden não so vai atrai mais odio dos Okaida?

    ResponderExcluir
  4. A tendência é essaa . . . só piorar, o fato é que o ser humano ta sempre em busca de mais poder, de mostrar que é mais forte ! os EUA não mataram o Osama por ele ser terrorista, mas sim pra mostrar pros seguidores deles que os EUA são mais fortes, o homem é a única espécie do mundo que provoca dor no semelhante pra massagear o égo. Os Okaida por sua vez tentaram mostrar aos EUA que tbm são fortes e com isso TÁ FEITA A MERDA ! GUEERRRAAA :/ infelizmente o ser humano não sabe viver em comunidade, não sabe viver em PAZ !

    ResponderExcluir
  5. Depois de isso ter acontecido
    a tão sonhada paz só fico mais longe da nossa realidade
    e podemos esperer q isso só foi o começo de muitas brigas q ainda aconteceram
    e q iram tirar a vida de muita gente inocênte
    hj os americanos estavam todos comemoranso
    mas vamos ver até quando isso vai durar quando acontecerem mais ataques nos E.U.A
    Para o presidente agora vamos entrar numa era de paz pra ele não tenho nda a dizer a não ser q isso é um ilusão da parte dele

    ResponderExcluir
  6. Paz não é mais uma opção, nem nunca foi a partir do momento em que o complexo do Word Trade Center foi destruído. Matar o acusado do atentato servirá de estopim para que a bola-de-neve de desgraça continue a cair sobre o planeta, mas que agora crescerá exponencialmente. Se os líderes mundiais não possuem capacidade de juntarem-se e pensar na HUMANIDADE, uma vez na HUMANIDADE, não no capital, só nos resta orar por um mundo fadado ao caos.
    Essa é a minha opinião; beijos.

    ResponderExcluir