Pages

domingo, 26 de junho de 2011

A resposta amiga!

Dias atras escrevi um texto cuja o nome é "A marcha para a perdição" e lá mostrei a opinião da igreja sobre o assunto apontado. Recebi críticas favoráveis e também nem tantas, pelo fato de que eu não somente expressei um pouco de minha opinião, mas sim a da igreja, pois muitas e muitas vezes esquecem que o nome deste blog é "Sabendo mais sobre a igreja" e não "Sabendo mais sobre o Lucas e o Douglas".
Pois bem, não vou voltar atrás, pois confirmo o que eu disse e escrevi, mas também respeito opiniões e idealizações aqui lançadas, não somente para me atacar pessoalmente, mas ideologicamente. Não escrevo isto somente pelo texto que eu escrevi e foi criticado, mas a todos os comentários e emails que foram dirigidos a mim. Mas fico feliz do mesmo modo, pois vejo que há pessoas que querem mostrar suas opiniões particulares e compartilhar seu conhecimento.
O texto "A marcha para a perdição" foi escrito no intuito espiritual e verdadeiro, de mostrar a vocês a opinião da igreja sobre um assunto tão polêmico e liberal nos dias atuais. Lá eu escrevi que a maconha acaba com os neurônios, e eu pesquisei para confirmar e lançar esta confirmada idealização estudada pela medicina, pois não sou eu quem digo, mas sim alguns dos médicos mais conceituados da nossa geração.
O doutor Drauzio Varela nos confirma: Infelizmente, células cerebrais não se regeneram nem há tratamento que possa recuperá-las. No entanto, existem recursos terapêuticos capazes de ajudar a restaurar funções, movimentos e fala e, quanto antes começarem a ser aplicados, melhores serão os resultados.
Na internet, nos livros e em todas as áreas de conhecimento nos afirmam que as células cerebrais não se regeneram. Portanto eu digo e afirmo com a certeza do meu simples e aplicado e rápido estudo.
A maconha e as outras drogas destroem famílias sim, pois os vícios nos afastam do que é correto e verdadeiro, e talvez o fanatismo também afaste e quebre vínculos de amizades e familiares. Mas é preciso ter o entendimento e o conhecimento para separar as coisas, para que de um lado termos o bem e do outro o mal. Grupos fanáticos e extremistas não são politicamente e religiosamente corretos, pois eu já disse aqui neste blog, que a igreja prega a paz, e a paz não está na arma, mas sim no diálogo amigável e com a finalidade objetiva para a paz.
A paz não pode morar em um cigarro, em um pouco de erva. A paz verdadeira está em Deus! A paz não está em uma pessoa alucinada e atordoada pela loucura momentânea, muito pelo contrário, nesta pessoa esta a destruição, uma guerra com o seu consciente, esperando uma resposta plausível. A verdadeira paz está nas coisas concretas, o que vem do coração, o que vem de Deus! E eu pergunto: Quando viver cambaleando de tão louco, preso a alucinações e loucuras contínuas é viver em paz? Pois afirmo que esta paz é falsa!
Realmente a igreja FOI contra várias evoluções humanas do conhecimento científico, medicinal, biológico e astronômico, mas convido a vocês caros leitores, a abrirem os livros de história do clero e cristianismo, e lerem sobre o assunto, pois eu várias vezes li, e estudei sobre o assunto, por isso eu posso dizer, com cautela é claro, pois não sou mega especialista. A igreja foi contra em partes a essas evoluções e idealizações do conhecimento, pelo fato de atrapalhar a fé formada no povo medieval, que vivia e era inocente quando se tratava de ciências, pois era sem estudos, e sem conhecimentos os estudos avançados seriam e se tornariam uma espécie de idolatria, pois a ciência de certo modo é visível aos olhos confusos, mas Deus é invisível aos olhos humanos incrédulos. É também confirmado que o catolicismo não era totalmente contra a ciência, pois esta ideia somente atingia uma parte do clero. O Vaticano patrocinou cientistas e astrônomos para descobertas surpreendedoras, eles usavam as torres das igrejas medievais para observarem o céu e as constelações. Quero que vocês também tomem o conhecimento que a teoria do Big Bang foi feita por um padre Católico, o padre belga Georges Lemaitre.
A anatomia humana no tempo da renascença, era estudada nos subterrâneos das igrejas, com os corpos dissecados. Leonardo da Vinci era um homem apaixonado pela anatomia humana, e fazia estudos patrocinados pela tão criticada igreja católica. Hoje o Vaticano contém um dos maiores centros científicos e biológicos do planeta, a Pontifícia academia das ciências, criada em 1603, cujo Galileu fez parte. A academia durante sua história foi agraciada com mais de 40 prêmios nobel nas áreas de Química, Física, Fisiologia e Economia. Não sou eu quem digo, mas sim os livros de história, e a própria história por sinal. E se não acreditam busquem saber. E não nego que o cristianismo errou, mas não esqueça que a igreja é humana, e por isto é pecadora como todas as instituições mundanas.
Também não nego que já se matou muito em nome de Deus. No passado distante e também não tanto assim, a igreja matou por hegemonia, fez do fogo e as labaredas da inquisição o seu poder supremo ideológico, das cruzadas que quase duraram dois séculos fez sua glória pessoal. Mas saibam que apesar do cristianismo ter errado, e usado o nome de Deus em atos de covardia contra a vida, ainda é a Igreja de Jesus Cristo! Não somente o catolicismo, mas sim toda a igreja que proclama que Jesus Cristo é o filho de Deus! Pois ele fez a igreja, e a entregou nas mãos da humanidade, e sabia que ela usaria o seu nome em vão. Mas também sabia que ela usaria o seu nome como objetivo de bondade e salvação a todas as criaturas, e quando eu digo todas são todas mesmo.
Deus é como um juiz, diz sim e diz não. Já ouvi dizer que muitas vezes é pregado um "Deus católico", e eu pergunto: Deus como criador, não pode nos lançar leis? A igreja como a criação de Jesus Cristo, não pode nos lançar sugestões e dogmas, para viver em paz, longe das coisas sujas como a maconha, que é a porta para drogas mais pesadas, fruto da mente encardida do homem?
Personalidades muito importantes no meio político, artístico e das celebridades e famosos em geral, como Bob Marley, que particularmente admiro como a pessoa que foi, e era usuário da maconha. Mas vejam bem, e prestem atenção: O problema maior não é a pessoa, mas sim o que ela usava, e no caso do Bob Marley é uma situação de pregação, pois a sua religião pregava que se consegue a "paz" pelo uso e o fumo do cigarro de maconha.
Pessoas assim, ídolos e famosos, levam seus fãs a cometerem o mesmo ato, assim como os roqueiros que imitam as vestimentas pretas que as bandas costumam usar, as maquiagens das cantoras pop, as fantasias dos desenhos japoneses e por assim vai. É visto como um espelho, um exemplo de pessoa a ser seguido. Entendam que não estou dizendo e muitos menos afirmando que Bob Marley era má pessoa, mas sim que no final das contas, pelo tratamento que é posto a figura da sua pessoa, ele se torna automaticamente e intencionalmente uma figura exemplar de idolatria e apologia a maconha.
Amigos, Deus não é uma figura retrograda. O problema é que o homem foi longe demais! Não voltaremos a pré historia por controlarmos os nossos feitos, pois podemos muito bem vivermos em paz como Deus nos pede, pois Deus não "cresceu" na visão humana como os homens cresceram. Deus continua sendo o mesmo de sempre! O Deus de Abraão, Moisés, Noé, Jeremias, Pedro, Paulo e Maria é o mesmo Deus de hoje, e de amanhã, pois ele nunca mudará, e governará com justiça e cetro de honra para vivenciarmos o seu poder supremo dentre os séculos e séculos.
Espero ter respondido todas as críticas e perguntas. E faço isso sem nenhum sentimento de rancor, ódio ou vingança, mas sim de amor, amizade e confiança

Lucas de Almeida Moraes.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Os sentimentos

Talvez eu não seja a melhor pessoa para lhes escrever sobre este assunto, pois os sentimentos em mim muitas vezes chega a atrapalhar, pois o pensamento cansado de tanto pensar foge levado com o vento do tempo, e a alma voa como uma pipa entregue a liberdade do céu, mas sempre presa ha linha do raciocínio e do juízo!
Os sentimentos é uma coisa que desperta, e vem de dentro de nós. o sentimento é uma especie de comunicação da alma, do coração com o nosso cociente em si. estes sentimentos é uma coisa linda, mas também pode se tornar um terror. Por ele as vezes podemos fazer grandes coisas maléficas, pois o pensamento humano até quando se torna sentimental é sensível as coisas erradas, pela raiva, ódio, inveja, desamor, mentira e tudo aquilo que causa o mau pessoal e para o próximo.
O ser humano que é criado a imagem e semelhança de Deus, é um portador nato da própria natureza de milhares tipos diferenciados de sentimentos. Por eles muitas vezes sofremos, choramos e amamos, e por amar, o coração se alegra, mas também chora, lagrimas de sangue doloridas que caem ao chão e deixam marcas eternas, como a cera da vela que queima pouco a pouco esparramando sua cera.

"Os sentimentos nos alegra e nos entristecem!"

Amar é um sentimento verdadeiro, que só quem ama e já amou sabe como é. Deste sentimento muitas vezes nascem amores ternos, famílias, uniões que duram a vida toda. Mas é preciso cultivar o que edifica em um relacionamento sério, a partir do verdadeiro sentimento e da presença de Deus na união, sempre preservando os valores da família, do corpo e do consciência.
Deus nos mostra este sentimento quando sopra sobre os lírios do campo que mostram sua beleza no seu branco estupendo, quando a luz do sol passa a fresta aberta da janela nos dizendo bom dia, o pássaro que canta o sua canção feliz, dando boas vindas a todas as criaturas, as rosas, que tímidas escondem nos seus botoes vermelhos delicados as mais belas pétalas escarlates e as cachoeiras que nas quedas das águas correntes nos mostram as mais belas canções e melodias.
Deus demonstra seu sentimento de amor, pela natureza e pelos atos. Deus nos ama, e mostra este amor pelas paisagens, pela imensidão do céu azul e estrelado, pelos animais e por toda a criação perfeita, saída da sabedoria do Pai. Ele quase nos grita: foi eu que fiz para vocês!
Deus nos ama e mostra seu sentimento eterno pelo silencio, pois ele nos da a liberdade de escolher, o bem ou o mau, as rosas ou os espinhos, as trevas ou a luz, a verdade ou a mentira, o doce ou o amargo, a alegria ou a tristeza.

"Os sentimentos é como uma parede perfeita, construída no mais puro cuidado e perfeição. Mas um dia alguém pode derrubar esta parede, mas a saída muitas vezes é construí-la novamente, e mais firme ainda."

Amores, amizades, paixões e relacionamentos se quebram, se tornam pó, mas a saída as vezes é restaurar o que foi quebrado, como um vazo que cai ao chão e torna-se cacos, mas com uma boa cola tudo pode se encaixar, mas saiba que rachaduras vão ficar, mas saibam que é natural, se é que me entendem.
Procure amar, ter amizades, e demostrando o mais puro dos sentimentos a alguém. As vezes não sera correspondido do modo que esperava, mas Deus olha com bons olhos tudo o que é verdadeiro! E se o sentimento é verdadeiro, ha Deus pertence, pois ele é o senhor da verdade, o firmamento e a certeza da existência do verdadeiro sentimento.
A malicia é obra do homem que corrompe a idealização do verdadeiro sentimento, que é obra de Deus, e por tanto o homem destrói o que Deus cria no coração deles mesmos! Quantas e quantas vezes sentimentos vão a baixo por mentes maliciosas, focadas na inveja, pois na casa do vizinho esta tudo uma maravilha, e na casa do outro esta uma desgraça!
Queridos, ame, crie amizades que não existam somente em momentos e épocas da vida, mas sim para a vida toda, focadas no amor de Deus que tem o mais puro sentimento pela humanidade, pois foi o amor que ele teve, tem e terá por nós, que deu o seu filho para morrer pendurado por pregos no pulso em uma cruz, e tudo simplesmente e esplendorosamente pelo puro amor!

"Até quando todos vocês atacarão um homem que esta com um muro inclinado, como uma cerca prestes a cair? Todo o propósito deles é derrubá-lo de sua posição elevada, ele se deliciam com mentiras. Com a boca abençoam, mas no intimo amaldiçoam."
Salmo 62,3 e 4

Lucas de Almeida Moraes

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Creio em Deus pai, todo poderoso!

Veja meus amigos como Deus age em nossas vidas. O pai que vem ao encontro do filho que muitas vezes dá as costas para aquele que tanto o ama! A glória e a grandeza majestosa de Deus não está somente nas mais belas palavras do profeta, mas sim nas palavras humildes de um povo sofrido por um tempo de transição, onde Deus é encarado como uma simples matéria, uma palavra no dicionário que é esquecida e por isso torna um conto de fadas.
No Concílio de Nicéia organizado no ano de 325 da era cristã, pelo primeiro imperador romano cristão, Constantino, foi o marco na história da cristandade, pois fora lá Deus agiu, ensinando o homem a sua verdadeira natureza, e decifrando o mistério da santíssima trindade, onde Deus se apresenta em três espécies, no Pai, no Filho e no Espirito Santo. O título deste texto é inspirado nas primeiras palavras da profissão de fé de toda humanidade ao Cristo, a oração do Credo Niceno Constantinopolitano.
Deus é o criador supremo e invencível da humanidade, somente a Ele cabe o conhecimento do futuro. O amanhã para Ele acontece agora!

"O Senhor, porém, está em seu santo templo, diante dele fique em silêncio toda a terra."
Habacuque 2, 20

Veja só, o silêncio da boca tagarela é um dos maiores exercícios de oração que existem! Pelo silêncio nós nos desligamos das palavras amaldiçoadas para dar lugar ao pensamento. A voz da mente que nos eleva mais perto de Deus por um desejo pessoal. Por isso dê graças a Deus, pois Ele quer nos alcançar pela simplicidade, pela humildade e pela caridade.
Crer em Deus é difícil sim, mas não é impossível a aquele que quer realmente! É muito mais fácil já pela natureza humana, o homem se entregar ao que é supérfulo, pois o pecado é como um pedaço aparentemente delicioso de chocolate deixado em uma mesa, e do lado desse chocolate está escrito o seu nome na mais bela letra. O pecado é assim, sedutor e chamativo, fácil e sem necessitar de trabalho árduo de se cometer.
Já Deus é o contrário. O mundo que causa a cegueira da falta de fé, a cada dia esconde a verdadeira essência divina, cujo Deus é visto como uma figura representativa de sobrenatural não existente. Crer em Deus hoje é sem dúvida uma questão pessoal de fé e de busca contínua, esperança em um ser maior que é digno de adoração.
Temos que ser dignos para dizer as mesmas palavras que Lucas nos diz em seu evangelho:

"O espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor."
Lucas 4, 18 e 19

A humanidade nos últimos dois séculos foi a senhora dos maiores períodos de falta constante de fé. As guerras e conflitos plantou no coração do homem uma certa "raiva" e "ódio" para com Deus, mas esqueceram que o homem é responsável pelos seus atos, que o livre arbítrio ainda funciona, e que o pensamento da carne muitas vezes age pela arma e a morte, esquecendo do perdão e o diálogo.

"O livre arbítrio ainda existe, pois é ele que leva o homem a cometer bons e maus atos, e não Deus. Deus apenas deixa o homem colher o que ele mesmo plantou, mas infelizmente outros também encaram os fatos infelizes por culpa de mentes mesquinhas!"

Não devemos atrapalhar a vontade de Deus, mas que a vontade Dele seja maior que a minha e a sua. Crer em Deus é uma saída, ou melhor, a única saída para um mundo sujo da porcaria capitalista, que enporcalha a vida do homem trabalhador, que depende deste sistema mesquinho, para alimentar sua família e ser visto como uma pessoa digna aos olhos da sociedade.
Deus é maior que uma cédula de dólar, uma pedra do mais precioso metal. Deus é o ser mais intelecto que existe! Entendam que a Ele deve ser prostrado todas as honras, pois não encare o seu futuro como simples destino ou acontecimentos, mas sim como a vontade de Deus concretizada em sua vida, a partir do momento que você tem Ele como Senhor e Salvador, pela pessoa de Jesus Cristo.

"Simplesmente, creia em Deus!"

Lucas de Almeida Moraes

quinta-feira, 16 de junho de 2011

A marcha para a perdição

Nesta semana pessoas foram as ruas para pedir aos meios governamentais a liberação da maconha. Neste mesmo protesto houve confrontos entre a polícia e a população ali presente, pois foi entendido que ali estava acontecendo apologia as drogas ilícitas. E eu pergunto: e não estava havendo apologia?
A maconha é uma droga ilícita a vista da nossa constituição, pelo fato de oferecer riscos a saúde humana como a queima de neurônios que não se regeneram. A liberação desta droga vem sendo discutida a tempos, onde havia e há prós e também contras. Mas a igreja apoia a liberação?
Obviamente como instituída em plenos valores e a valorização da vida ela não concorda. A igreja condena toda a espécie de matérias ilícitas que corrompem e agridem o corpo humano, pelo fato de considerar o corpo o templo vivo de Deus, cuja a boca é a porta de saída para o evangelho de Cristo. Por isso a igreja vem lutando contra leis super liberais que acreditam que a sociedade do seculo XXI pode viver tranquilamente em paz com a presença da droga.
O nosso supremo tribunal federal discutiu o assunto, mas parece que até o governo está perdendo o foco da ética e a moral, não somente religiosa, mas propriamente humana, pelo fato de dizerem que todos temos liberdade de protesto, e uma delas é o apoio aberto para liberação de um material tão corrompido como a maconha. Não estou afirmando que o direito de manifestações e protestos são errados, mas sim afirmando com a certeza que cada dia que se passa há mais apologia as drogas, não somente a maconha mas também outros materiais químicos e naturais, ou seja, está acontecendo sim a apologia as drogas, em músicas, na internet, em vídeos, na mídia e até em poemas.
É um problema sério, uma questão de disciplina e educação, uma presença forte de atos de má fé, pois ao colocar um cigarro nos lábios, cheirar uma carreira de pó ou se entupir de "balinhas" que chegam a ser mortais é um problema intrigante, porque estamos estragando, tornando a vida em uma bolinha de papel que simplesmente é jogada no lixo, estragando a nós mesmos, alucinados e atordoados por uma fumaça fantasmagórica e grotesca que sobe devagar, levando com ela vidas para um túnel muitas vezes sem saída, acabando com pessoas super inteligentes, desenvolvidas no intelecto, destruindo casamentos, famílias, e nos desaproximando de Deus.

"É uma questão de educação e disciplina!"

O pó demoníaco que entra pelas narinas é a porta para a incredulidade, pois usar uma coisa dessas não é sinal de ser homem, macho e espada como alguns se vangloriam por ai, mas sim sinal de fraqueza, covardia, burrice e de desamor.
Quantas e quantas pessoas se perderam por ai, caindo em vícios e perdições, destruindo a vida que Deus criou para que haja salvação e não destruição! Veja o mundo ingrato. O ser humano da terra faz sua morada, e a terra muitas vezes o passa para trás. Não estou falando da criação de Deus, mas sim a criação corrompida do homem "moderno", em sistemas governamentais ditadores, de matérias supérfulas, e que machucam e ferem o pensamento correto e verdadeiro que Deus pela inocência nos oferece.
As drogas deixaram de ser um problema social que incomoda, porque hoje é vista como uma escolha liberada, um sim para matérias ilícitas pode acabar com um ser. Hoje as drogas lembram entidades cultuadas, dignas de uma quase adoração direta, pois a verdadeira idolatria está naquilo que é colocado a frente de Deus, e a droga faz isso, ela nos alucina e também nos faz pensar que somos dependentes somente dela, sem a presença de Deus, ou seja, as drogas é um material idolatra, pois nos deixa distantes da vontade de Deus.

"A droga é a fraqueza exposta do homem!"

Meus amigos, vejam as esquinas destas cidades, destes estados, desta nação e deste mundo, o que não faz uma pessoa por uma pedra de crack, um cigarro de maconha ou um pouquinho de pó? Como dizia um amigo meu: dificílimo é subir na vida, pois as ladeiras e morros cansam, mas para descer é possível ser em passos largos!
Vejam só, quantas pessoas descem em passos largos se entregando aos vícios contínuos da maledicência! As vezes até quem está la em cima do monte vai decaindo, se entregando, e na hora que percebe já esta no buraco infernal da entrega do corpo e da alma ao que é corrompido até chagar as trevas.
Amigos, entendam que as drogas tem o objetivo suicida, pois ela vai nos matando aos poucos pela nossa própria vontade! Sigam o caminho certo, longe dos vícios que muitas vezes chegam a ser satânicos, e dá o lugar de Deus para a violação do corpo. No céu não irá ter a luz do fogo na ponta de um cigarro, mas sim a luz esplêndida de Deus.

"Seja viciado em Deus!"

Lucas de Almeida Moraes

quarta-feira, 15 de junho de 2011

O sexto mandamento

A cada milésimo nos relógios constantes no mundo todo uma pessoa morre, por várias consequências: de velhice, de doenças, de emoções e até o brutal ato do assassinato.
Matar é um crime sem igual, não somente na visão religiosa e divina, mas também na visão das leis humanas que muitas vezes não funciona, deixando a injustiça maléfica, suja e imunda tomar lugar em vários tribunais neste mundo.
Hoje nós de certa forma nos acostumamos com as mortes brutais. Uma criança atravessa a rua vendo um corpo estirado na calçada sem o menor problema, com muita naturalidade, pois foi criada no meio de armas, carnificina intensa, cadáveres apodrecendo no marmaço, a ver o sangue escorrendo pelo meio fio, a ver um homem com os olhos esbugalhados que nunca mais piscará.

"Estamos acostumados com as mortes brutais e com a carnificina"

Mas de quem é a culpa? De uma sociedade talvez? Que apela pelos meios que ela mesmo chama de justiça, onde o ser humano em vez de usar o dom da palavra que tem, usa uma pedra ou uma arma de fogo para pedir os seus direitos?
Políticas de sangue legislativas e civis estão acabando com o nosso futuro e nem sabem disso, ou melhor, sabem sim, pois já cansaram de ler nas páginas dos livros de história as causas de guerras e conflitos que revolucionaram no sentido da destruição, e não do verdadeiro e concreto progresso social e até pessoal.
Bandeiras, medalhas, estandartes, brasões e tronos só são meros símbolos, realezas que servem como tradição, mas a coroa que está sobre a cabeça do rei impera, mas muitas vezes é uma coroa lavada de sangue daqueles que um dia foram lutar pelos seus direitos, e de presente admirável e "progressista", em nome da nação levaram um tiro no meio da testa. E ainda há pessoas que erguem uma bandeira e dizem: Eu tenho o poder! E o Demônio em festa grita: O seu lugar aqui do meu lado já está te aguardando!
Matar não é somente puxar um gatilho, forçar uma faca, ou usar a pedra mais próxima. Matar é corromper a alma, não da pessoa morta, mas sim do assassino, pois Deus tem o direito pessoal e somente dele, de impor um fim a vida terrestre, pois se ele criou a vida o direito cabe somente a ele.

"A cada assassinato é uma festa no inferno!"

A tortura hoje virou diversão, um passatempo como as revistinhas de palavras cruzadas, onde seres que se assemelham com vermes se deleitam ao ver alguém sofrendo dores corporais e físicas estrondosas, morrendo aos poucos, sentindo o seu corpo o flagelo e o clamor permanente da morte rápida. Matar também é sinal de lucro, o mercado da morte vende armas e atraem mercenários tratantes como assassinos de aluguel.
Uns até se matam, por "amor", por incredulidade e falta de fé em si mesmo, por dívidas, decepções e até por Alá (Deus. Mas também tenham o conhecimento que ideologias "religiosas" doutrinarias como grupos extremistas não são inspirados em movimentos religiosos verdadeiros que agem de boa fé, pois nenhuma religião prega o assassinato e o desrespeito a vida. Portanto o que não respeita o que é de Deus não pode viver na verdade, ou seja, se eu não vivo na verdade eu vivo na mentira, e o pai da mentira é o próprio Demônio.
O mundo não necessita de amor próprio, pois isso ele já tem, e muito! Mas sim a fraternidade terrestre, um beneficiando com pequenos e grandes atos, saber repartir palavras de bençãos e não de maldição, que incentive o correto e o verdadeiro progresso humano, nas idealizações e gestos concretos.
Não mate, simplesmente viva a vida buscando amor verdadeiro, e deixe o outro viver, pois ele tem o mesmo direito!

Lucas de Almeida Moraes

Aproveito esta postagem para pedir desculpas aos leitores, pois não postei muitos textos em consequência dos meus estudos contínuos por ocasião de algumas provas escolares. Peço desculpas desde já, mas estarei postando textos quando estiver sem compromissos importantes! Obrigado.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

A causa dos santos

Este blog cuja o nome é sabendo mais sobra a igreja é um blog teocrático e amplo, aqui eu já escrevi sobre várias coisas, denúncias, defesa aos menos favorecidos e idealizações da igreja e pessoais.
Hoje neste texto vou retratar sobre um fato que está a séculos sendo discutida por um cristianismo dividido humanamente e doutrinamente dizendo: eu falarei sobre a causa dos santos.
Como vocês sabem os santos são instituídos pela igreja católica romana, cuja o papa é o líder, e desses santos eles fazem exemplo de santidade e devoção a Deus. Mas a causa dos santos não é aceita totalmente na cristandade. Em algumas religiões fora do contexto doutrinário católico há religiões que condenam o uso dos santos, eles dizem que a figura da imagem é um ato de idolatria sem tamanho desaforo contra Deus e sua existência, pois a imagem muitas vezes é vista como matéria digna de oração.
E tenho que lhes dizer que muitas vezes realmente imagens são adoradas nas igrejas, nas casas e em lugares de peregrinação. Mas eu lhes afirmo que o uso de imagens adequadamente não é errado! Mas ai está a pergunta: usar imagens é errado?
A resposta é não no sentido teológico católico que nos explica muito bem. A imagem é nada mais do que um símbolo que foi feito a mais de 18 séculos, no tempo em que a cristandade primitiva ainda era caçada pelos romanos. As imagens são feitas para enfeite, pois nas primeiras igrejas construídas como as basílicas romanas enormes e vazias, criava um cenário vazio.
A pessoa do santo é importante sim, ele serve como figura importante para a educação na fé concreta e verdadeira, pois foram homens e mulheres que chegaram a dar a vida por Deus e suas obras como a igreja. Já o santo na imagem é digno de nada, o santo na imagem deve ser encarado como uma representação de um ser que esta no céu ao lado de Deus.
Há muitas pessoas que tocam nas imagens esperando receber uma graça ou milagre. Mas tenham a consciência que o único que pode fazer milagres é Deus, e ele age por pessoas as transformando em instrumento para seu reino de paz, e assim pregando o evangelho conforme Cristo nos pede. Nós temos que ser santos, não santos reconhecidos pela igreja católica e nem pelo papa, mas sim santos para Deus, pois a maior honra é ser o brilho dos olhos de Deus, pois o papa não vê o que se passa atrás do muro mas Deus sim!
Na bíblia se fala das imagens sim, lá se condena toda a adoração a imagens. E é verdade, muitos adoram imagens, as vezes nem sabem que estão adorando. Muitas vezes muitos padres se ajoelham diante de belas imagens, parecendo que irão receber graça daquele pedaço de madeira ou de gesso. Amigos, como eu já disse, a imagem é um símbolo, um símbolo de presença de homens que prestaram serviços ao reino de Deus, e mereceram estar com ele no céu.
A igreja católica que adotou a prática da canonização terrestre diz que apesar de titular santos ela não tem autoridade para santificar completamente uma pessoa, pois Deus é quem julga, se ele os ver como santos o caminho já está todo andado! Não se cria um santo por protocolos e nem por decretos humanos, mas sim por uma escolha pessoal! Se eu quero ser santo é uma escolha minha, como o céu e o inferno.
Entendam que o santo na imagem é matéria, os encare não como um objeto de milagres, mas sim um objeto representativo, que está ali para nos lembrar que alguém um dia teve a coragem de dizer sim a Deus e não as transgressões, maleficências e ao desprezo. Eu tenho várias imagens de Santos e as encaro como objeto representando alguém que viveu no meio de nós e foi exemplo e instrumento de Deus até depois da morte.
Espero que vocês tenham entendido, e espero que tenha entendido Max Paulo Ribeiro que me fez a pergunta me mandando por email.

Lucas de Almeida Moraes.

Se quiserem fazer perguntas mande-as pelo blog ou pelo meu email:
lam-hp@hotmail.com

segunda-feira, 6 de junho de 2011

A existencia de Deus

A resposta é SIM!
     A existencia deste ser superior e maior é discutida desde que o homem é homem. Deus é visto de várias maneiras, na fantasia ou na realidade, que o povo inventa figuras como um homem forte e de cabelos brancos sentado em um trono com um cetro nas mãos, ou uma luz ofuscante que chega a cegar. Mas tenho que revelar o misterio, Deus é um ser existente sim, que se deixa e permite ser inventado na mente de cada um, pois Deus não pode ter uma figura global de sua imagem, pois ele é um ser invisivel ocularmente dizendo.
     Tenho que lhes dizer que Deus é existente sim, uma máquina que não precisa de engrenagens e muito menos de eletricidade. Tenham a conciência que o ser divino e existente que é Deus não é feito de mãos humanas e nem de pensamentos revolucionários, pois antes do pensamento e o próprio humano existir Deus ja reinava, ou seja, nos que somos frutos do pensamento de Deus. Ele é o senhor do tempo, quem faz o sol nascer e se esconder no horizonte que se torna uma pintura alaranjada no céu, enquanto o grande sol vai se recolhando e se despedindo vagarosamente como um filho que não quer ir embora da casa da mãe.

     "Deus é uma questão de fé, uma questão de acreditar, um ato pessoal da elevação do ser humano ao divino, onde a incredulidade da lugar a um crer na certeza da existência eterna desta ser soberano e acima de todos."

     Mas tenho que lhes dizer também uma verdade. Deus não é criado em uma pessoa, e nem deve ser! Deus deve ser gerado, pois quando ele é criado em alguém este alguem recebe uma "carga" necessariamente pessada a uma pessoa sem conhecimento de quem é Deus, pois ele é uma coisa complexa, e querendo ou não complicada. Por tanto quando for falar de Deus va com calma e revele aos poucos para que aja o entendimento de todos.
     Nós também, querendo ou não, nunca vamos acreditar totalmente em Deus! Nenhum homem na face da Terra acreditou, acredita ou acreditara em Deus completamente, pois não estamos tratando de uma coisa ocular, mas sim invisivel! Se alguém pronunciar que acredita totalmente em Deus é mentiroso, pois isto é impossível. Mas o que é possível é humano é se aprofundar nas coisas de Deus e buscalo cada vez mais, pela sua palavra e pelo seu tempo. Tenham a consciência e o saber que apesar de não vermos o pai que esta no céu os olhos humanos viram Deus na pessoa de Jesus Cristo, que apesar de ser carne da nossa carne humana, era Deus, mas na pessoa humana sem pecado, que veio com o propósito milenar da expanção do reino de Deus, e também da salvação de todos os seres a partir da sua morte corporal.

    "O humano viu Deus na pessoa de Jesus Cristo."

     Amigos, Deus existe sim, e particularmente isso para mim  é uma certeza, pois como eu disse, isso se trata de uma questão de fé, e eu tenho fé! A pesar de não ser visível aos olhos, ele é sentido pelo coração. Ele se faz no desabrochar de uma flor, que antes do desenvolvimento cientifico e biologico era um dos mais belos e fascinantes misterios que existia, e ainda é, pois coisas tão bonitas e tão coloridas cheia de harmonia somente pode ser obra do divino que descansa em pastos verdejantes. Assim como a semente plantada na terra, que sabe viver o tempo de Deus! A semente é o exemplo perfeito de saber esperar, de viver o tempo de Deus, ter paciência para nascer e criar seus brotos, até quando se torna uma árvore linda, esbanjando suas belas folhagens verdes.

     "Deus esta em tudo, esta no céu, esta no mar e na extensão do infinito!"

     Temos que encarar a realidade que me doi, pois Deus hoje é visto somente como matéria teólogica e da igreja. Isso é uma grande besteira, pois Deus não esta só na igreja, ele esta na minha casa e na sua, nas ruas, nas favelas, nos presídios, nos bares das esquinas sujas, no sitio, na cidade, na casa do pobre, na casa do rico, debaixo da escada e até dentro da gaiola do passarinho que canta de alegria! Deus esta em todo o espaço geográfico humano e sub humano.

     "Deus esta em tudo!"

     Queridos, se estiver com duvidas , busque respostas em Deus, pois ele ve tudo e sabe tudo também. Ele é o senhor da sabedoria e o pai do conhecimento, o pai de tudo o que é correto e ético, o altor no amor. Quem vive em Deus é feliz, e esta felicidade deve ser expandida a todos os seres, assim como nos pede o proprio Cristo, para que espalhamos o entendimento que vem do céu:

     "Ensinando-os a obedecer a tudo o que eu lhes ordenei. E eu estarei sempre com vocês, até o fim dos tempos"
     Mateus 28, 20

     Espero caro amigo que você tenha entendido o que Deus é, não só para mim, mas o que ele quer ser para você também, pois apesar do seu ateismo Deus o recebe de braços abertos a uma nova vida!

     Lucas de Almeida Moraes.