Pages

terça-feira, 30 de agosto de 2011

A igreja eterna!

    Meus queridos amigos leitores, hoje os convido para nos aprofundar em um assunto em que o mundo procura não comentar, mas quando comenta lembra somente de um passado obscuro e usa argumentos de baixo nível para criticar a primazia da igreja de Jesus Cristo.
    Muito bem, como vocês sabem, a igreja não foi criada por homens, mas sim pelo filho de Deus, Jesus Cristo, que na sua autoridade formou a sagrada instituição para ser instrumento salvífico para o homem e suas gerações assim por diante. Sabe meus queridos, venho refletindo seriamente sobre a existência desta igreja. Se deixarmos um pouco a teologia e a filosofia e nos aprofundarmos na historia da humanidade, vamos ver que a igreja teve tudo para não dar certo, para não existir mais. Os altos e baixos mancharam muitas vezes de sangue a imagem sagrada da cruz, matando em nome de uma verdade, roubando na busca de hegemonia e enganando o povo para ter status.Tudo isso muitas vezes ocorria e ocorre dentro dos muros da igreja.
      Uma cova milenar esta cavada e aberta, para enterrar o cristianismo desde quando o apogeu máximo estava situado no império sangrento de Nero, que caçava inúmeros cristãos, e daqueles tempos para os atuais vemos inúmeras grupos e até instituições se voltando contra a cristandade, como por exemplo os grupos homossexuais e ateus . Mas porque que o cristianismo ainda não "morreu"? A igreja tem a resposta para isso,  e é tão clara que chega a surpreender.

      "A igreja tinha tudo para não dar certo!"

       O cristianismo nos seus 2000 anos teve períodos de luz e de trevas. Se revisarmos a história podemos ver que existia somente uma religião cristã até o ano 1054, pois foi nesse período em que o catolicismo e a igreja ortodoxa se separaram, perdendo o contato com Roma. A partir deste momento começa inumeras desavenças que levaram a divisões dentro do clero e dentro até da teologia e doutrina que a religião tinha como ensinamento, como por exemplo os nascimentos das ideias protestantes de Martinho Lutero em 1510, João calvino e Henrique VIII.
      Olhe meus amigos, a própria história já nos mostra que o pecado humano já estava presente na igreja desde quando Cristo à entregou nas mãos de Pedro, que representava todos os homens. Mas não podemos esquecer de algumas palavras que Cristo diz no evangelho de Mateus e se forem bem interpretadas tem um valor grandioso para a causa eterna da igreja.

      "Eu lhe digo que tu es Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, E AS PORTAS DO INFERNO NÃO PODERÃO VENCE-LA."
      Mateus 16, 18

       Vejam meus caros, para quem tem o conhecimento, nesse pequeno fragmento evangélico, já temos a resposta para o porque da igreja ser eterna. A criação de Jesus Cristo, ou seja, o seu corpo mistico foi colocado sobre proteção divina. Nos séculos de existência a igreja vem sendo flagelada até mesmo pelos seus próprios representantes, mas ela como criação santa entende o seu papel neste mundo que é não desistir, pois a igreja entende que ao mesmo tempo que a pessoas que querem atrapalham a sua missão, existem pessoas que a enxerga como objetivo sauvicídio e também procura Cristo nela e muitas vezes com muita fé se acha!
        O inferno bate nas portas das nossas casas, bate na porta na nossa cristandade, mas pela legalidade que Cristo deu a aqueles que são nossos pastores e nos guiam nas trevas com a luz do evangelho, ele não permite que Satanas destrua a igreja, que apesar de milenar é jovem, porque a fé do povo destrói o que é velho e revela a linda mocidade preza dentro de uma idealização de tradições e doutrinas.
         Satanas nunca vencera a igreja de Cristo, por mais que ele tente e parasse estar vencendo ele sempre perdera. É esse o objetivo do encardido, fazer que nós pensemos que ele esta vencendo, e muitos caem nessa ideia porque ve nos jornais e nos inúmeros meios de comunicações catástrofes familiares, pessoas se matando, assassinatos, estupros e assim por diante. Uma coisa eu digo, a serpente consegue entrar por qualquer fresta! Por isso cuidado, feche as frestas do seu coração e da sua família, para que Satanas não tome conta do que é seu, e muitas vezes isso acontece na igreja! O encardido não pode destruir a igreja, mas pode fazer que pessoas saem do convívio comunitário da igreja para cair no pecado extremo, e é esse o objetivo do Demônio, de destruir aqueles que amam a Deus!Cuidado meus caros, o Demônio pode estar do seu lado, tomando café da manha juntamente com você, te perseguindo no trabalho, na escola e em todos os lugares onde você for, te seduzindo e te alucinando, até a ora que ele percebe que sua caça esta vulnerável. Mas Cristo nos da o exemplo de perseverança! Vocês sabem o que Jesus disse a Satanas quando foi tentado por ele? Ele disse: Afasta-se de mim Satanas!

    "Não de legalidade para que o Demônio tome participação na sua vida !"

     Outro ponto muito importante é aprender sofrer pela fé! Mas porque sofrer pela fé? Para que a igreja cresça! A cristandade existe até os dias atuais porque tiveram e tem bocas abençoadas que disseram palavras de salvação, que acuaram nos séculos, dos tempos de Paulo até os dias de hoje. Paulo sofreu pela fé, foi perseguido e morto, mas uma frase que ele escreve marcou toda a sua trajetória misionaria de espalhar a boa nova:

   "Tudo seja feito para a edificação da igreja"
    1 Corintios 14, 26

      Nossa fé permanece viva porque Deus usou e usa homens para nos mostrar que sua palavra não é somente meras letras dentro de um livro, mas também uma vivencia! E mais bonito praticar as palavras do que simplesmente ler! Jesus dizia e praticava as palavras, espalhava o bem e ensinava que a nossa meta não é somente as realizações mundanas, mas sim a realização e a conquista da salvação, e esso é o que a igreja segue, ela ensina o povo que Cristo é a meta, que o céu é maior do que a Terra!
       É claro, o homem sujou a igreja com o pecado, mas o pecado nunca destruirá a igreja, pois a palavra de Cristo não foi para o céu com ele, mas ficou aqui no meio de nós juntamente com a presença invisível e onipotente do criador da igreja.
      Quero também lembrar para alguns que Cristo não é uma ideia e muito menos uma historinha inventada por alguns fanáticos ocultistas. Cristo é um acontecimento histórico, teológico e filosófico, ou seja, é um acontecimento plausível com base na verdade. Assim também como a igreja que não foi inventada por carne pecadora, mas criada pelo filho que herdou a legalidade santa do seu pai. Se a igreja fosse inventada ou criada por homens ele já tinha desabado a séculos, mas como a palavra de Cristo tem poder ela continua firme como rocha inabalável.
       Meus caros, a nossa fé nunca cairá, apesar dos erros assombrosos que marcaram a historia humana na igreja. Saibam que o que é santo é maior que o maléfico, o que é verdade é maior que a mentira, o que é amor é maior que o ódio e a salvação é maior que a condenação! Por isso seja um jardineiro neste jardim, espalhe água sobre as flores, espalhe o evangelho para seu próximo, pregue que Jesus Cristo ressuscitou e esta no meio de nós!
     
"A eternidade sempre terá uma companheira imortal!"

      Lucas de Almeida Moraes.
Onde a igreja acontece! Na família! 

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Dom Bruno Gamberini




Amigos da Igreja de Cristo e especialmente e carinhosamente a Igreja Católica de Campinas-sp, infelizmente o nosso querido amigo e senhor arcebispo de Campinas, Dom Bruno Gamberini deixou esta terra no para habitar na casa de Deus que ele tanto amava e agora esta junto dele na alegria da vida eterna.
O jovem Bruno nasceu na cidade de Matão-sp em 16 de julho de 1950, foi o terceiro filho dos cinco de Arnaldo Gamberini e de Tirsi Cortellani. Quando criança já mostrava o dom do sacerdócio e a pratica intensa da oração.
Padre bruno foi ordenado padre no dia 11 de dezembro de 1974 na igreja matriz Bom Jesus em Matão-sp, depois foi feito Monsenhor pelo papado de João Paulo II em 17 de maio de 1995. Depois de passar por algumas dioceses Dom Bruno foi escolhido em 2 de junho de 2004 pelo papa João Paulo II para tomar posse da arquidiocese de Campinas onde se destacou no seu serviço incansável de pastor da igreja local.
Era um teólogo e filosofo muito aplicado, um amigo muito querido que brincava e gargalhava, desfrutando do humor que a vida oferece. A oração dentro de sua sala era intensa, muitas vezes com as portas fechadas para que ninguém viesse o atrapalhar com o dialogo entre ele e seu pai que esta no céu.
Dom Bruno Gamberini era meu amigo pessoal, e vai deixar saudades especialmente para mim, que adorava conversar e aprender com ele.Dom Bruno me deu o titulo de acólito instituído na igreja católica. Era muito atencioso e prestativo, e entendeu que ele estava naquele posto para servir o povo de Deus e não ser servido!
O homem idoso e dos olhos doces e claros vai deixar muitas saudades. Mas o céu é a nossa verdadeira casa, pois no céu esta o pai, e seus filhos um dia tem que ir ao encontro dele, e Bruno com certeza foi de encontro a glória de Deus!
Triste termino este pequeno texto, mas ao mesmo tempo feliz por ter sido amigo pessoal de Dom Bruno, e ter conhecido esta pessoa maravilhosa que enfeitou os nossos dias com amor, e espalhou o evangelho de Jesus Cristo aos povos.

Muito obrigado Dom Bruno Gamberini

Lucas de Almeida Moraes.
Dom Bruno Gamberini (1950-2011)



sexta-feira, 26 de agosto de 2011

A beleza

  Caros amigos leitores, hoje venho convidar a vocês para nos aprofundar e pensar em um assunto que tomou por completo a nossa sociedade mundial: a beleza. Os status e a fama em geral hoje em dia se consegue por esta respectiva beleza, é o que alguns chamam de lei natural do corpo: uns são meramente feios, e outros são gloriosamente bonitos. O mundo mostra e da excessivo valor no físico das pessoas e ele sempre esta atras de uma perfeição visível, mas quero que saibam que o perfeito para o mundo muitas vezes é o imperfeito para Deus!

  "Muitas vezes o que é perfeito para o mundo pode ser imperfeito para Deus!"

A eterna busca de um corpo
dentro do padrão humano! 
  A beleza e seus padrões, hoje são colocados a frente da sociedade como uma quase obrigação, e se não estivermos dentro desses padrões ditados pela boca humana somos excluídos de grupos e não aceitos por muitos. A estética e a idealização do corpo perfeito é um mandamento humanista aparentemente universal. As tendencias da moda tem mudanças frequentes, cotidianamente nos mostra que o dinheiro é quem impera sem duvida alguma em nossas vidas.
   Sabe meus caros, realmente à muitas pessoas lindas fisicamente nos quatro cantos do mundo, mas a verdadeira beleza está dentro da pessoa e afeta as outras de uma forma positiva. Isso sim é beleza! Muitas pessoas são como caixas enfeitadas e bonitas com um grande laço, mas dentro desta caixa esta escondida uma serpente que muitas vezes esta pronta para dar o bote! Uma casca, uma cortina que esconde e oculta um ser repugnantemente feio, um coração gelado, empedrado e arrogante! Por tanto amigos, prestem muita atenção, pois muitas vezes aparências enganam, e não se esqueça que Lúcifer (demônio) era o anjo mais belo do paraíso, e hoje é o pai da mentira e causador de inúmeras dores!
  Deus é dono de uma sabedoria tão grandiosa que ele nos mostra o assunto beleza até nas sagradas escrituras, para que o homem reconheça tudo o que é certo e esta no plano de salvação. Assim diz a palavra:

  "A beleza de vocês não deve estar nos enfeites exteriores, como cabelos trançados e jóias de ouro ou roupas finas. Ao contrario, esteja no ser interior, que não parece beleza demonstrada num espirito dócil e tranquilo, o que é de grande valor para Deus."
1 Pedro 3, 3-4

  Vejam meus amigos, neste fragmento bíblico nós encontramos de uma forma totalmente clara o verdadeiro e plausível sentido da beleza. A beleza no seu sentido divino não depende de valores estéticos meramente humanos, mas sim do carácter. índole e a humildade, aquilo que esta dentro do coração do homem e não em um rostinho perfeito aos olhos humanos.
   Não desvalorizo a beleza física, mas coloco a vocês este pensamento filosófico para que vocês reflitam e pensem: será que sou verdadeiramente bonito? será que só sou bonito por fora? Tenho que lhes dizer meus caros, que a salvação não alcançara o homem pela sua beleza exterior, mas por sua beleza interior.

  "A maior beleza não é a exterior, mas sim aquilo que o nosso corpo esconde, o que esta oculto na alma!"

   Não escrevo este texto por simplesmente escrever, mas sim preocupado com o que vejo. Tenho visto pessoas reclamando de seu corpo e colocando defeitos onde não se tem, e infelizmente esta pessoa não esta se olhando com seus olhos, mas sim com os do mundo, pois foi ele quem ditou as regras de um corpo perfeito. A preocupação maior não deve ser com a nossa carne, mas sim com a nossa alma, pois ela permanecera para a eternidade e o corpo aqui ficara. O cirurgião plastico pode mudar o nosso físico, mas o único que pode mudar e restaurar a nossa alma é Deus. O corpo pode ser alterado com o poder do dinheiro, mas a alma pode ser somente restaurada com a fé.
   Tenho que lhes dizer e digo com convicção, que em todos os seres mora a beleza, pois toda a criação de um Deus perfeito também pode se tornar perfeita, basta somente querer. A vida realmente é bela, mas somente falta que nós achemos a beleza nela.
   Me preocupo seriamente com os jovens e também com as nossas crianças, que desmotivadas se julgam feias e ridículas. Sabe meus caros, isso é puramente culpa do mundo, que é um manequim vivo, um pregador da bulimia e da anorexia que afeta os nossos jovens atordoados e iludidos com as propostas de uma vida mais feliz e bonita que o mundo oferece!

  "Mas o que vive para os prazeres, ainda que esteja viva, está morta."
1 Timóteo 5, 6

   Quem vive somente para os prazeres da carne e esquece de sua alma, já esta morto. Então convido vocês a se levantarem deste tumulo e partirem para uma vida nova.
    Deus esta em cada pessoa, em cada coração, e é isso o que nos torna verdadeiramente belos!
    Quero deixar claro que não estou banalizando a beleza física, mas quero do fundo do meu coração que entendam que a idealização de uma beleza perfeita é fruto da humanidade e não de Deus. O pai não escolhe seus filhos pelo físico, todo pai acha seus filhos lindos! Deus vê sua criação pelo carácter e qualidades dignas de serem belas, como o amor, humildade, felicidade, alegria e a fé, ou seja, todos os seres são belos pois a vida que é bela mora em seus corações!
     Convido vocês a se olharem no espelho. Talvez vocês vejam o reflexo de uma pessoa linda ou não, mas com a alma apodrecendo, perecendo e se decompondo. Convido a vocês caros leitores a dar mais importância ao espiritual do que o material, pois uma vida eterna nos aguarda junto a Deus. A alma não se maquia com batom e nem com pó de arroz, mas a alma se embeleza com a fé e o verdadeiro alimento para nossas vidas.
    
    "A verdadeira beleza é aquela que mora na alma, e ela pode ser vista mesmo oculta, pois as nossas palavras e atos pode transmitir o que realmente é belo!"

    Lucas de Almeida Moraes
Talvez sua beleza física tenha ido embora com o tempo,
mas a alma continua jovem e bela!


  

terça-feira, 23 de agosto de 2011

As promessas de Deus



Queridos amigos leitores, como vocês sabem, no antigo testamento nós temos varias profecias, como por exemplo a libertação do povo de Israel que vivia aprisionado no Egito sobre a ira do faraó e a tão esperada vinda do Messias em breve, para a libertação da humanidade pecadora. Como vocês perceberam estas profecias se cumpriram com precisão nas promessas de Deus, que cumpriu fielmente suas palavras, suas promessas jamais são em vão!

"Deus não é homem para mentir!"

Ao longo das paginas da sagrada escritura nós acompanhamos inúmeras vezes passagens em que Deus tem o contente contato e o dialogo com o homem. Nestes contatos um fato bem interessante é que Deus poucas vezes fornece graças a aquele que o pede diretamente, mas coloca obstáculos a frente de nós para ver se merecemos estes respectivos pedidos. Deus prova seus filhos sim, e ele tem o direito de fazer isso! Grandes Provas foram lançadas a homens como tribulações para testar a sua fé, alguns caíram, mas outros continuaram firmes na verdade e na fé, professando fielmente a seu crer muitas vezes por defender a sua causa o levaram a morte.
A maior dificuldade do homem é a pratica da paciência! Vocês sabem que estas promessas não são realizadas da noite para o dia, as vezes sim, mas muitas vezes não, pois tudo é movido pela santa vontade de Deus. Tomem como exemplo o povo que peregrinou quarenta anos no deserto para chegar a tão esperada terra prometida, mas chegou o dia da graça, pois este povo chegou no seu objetivo porque teve paciência! Ai esta a palavra chave: Paciência! O homem é impaciente demais, e isso muitas vezes atrapalha nossa fé, pois o tempo de Deus beneficia o amadurecimento das pessoas, e é ele mesmo quem o faz e nós simplesmente estamos vulneráveis a este tempo.

"É preciso ser paciência, pois é esta paciência que nos vigora na fé!"

Conheço muita gente que não soube esperar, não souberam ter a devida paciência e saíram dos caminhos corretos e caíram nas garras dos abutres mundanos, que rondam nossas casas esperando a fé de alguém ficar vulnerável para nos atacar como atacam a podridão da carniça! A impaciência é inimiga do homem, é a porta do mau! Quem não espera come cru e quente, e quem não espera a vontade de Deus sempre acabam em destinos infelizes, tristes e indesejáveis.
Quem tem paciência reconhece a virtude da vontade benéfica de Deus, assim como o salmista reconheceu e foi atendido:

"Eu amo o senhor, porque ele me ouviu quando lhe fiz a minha suplica.
Ele inclinou os seus ouvidos para mim, eu o invocarei toda a minha vida"
Salmo 116, 1; 2

"O senhor é misericordioso e justo, o nosso Deus é compassivo.
O senhor protege os simples, quando eu já estava sem forças, ele me salvou."
Salmo 116 5; 6

"Na minha angustia clamei ao senhor, e o senhor me respondeu dando-me ampla liberdade."
Salmo 118, 5

Outro ponto chave para perseverar nas promessas de Deus é a confiança, crer intensamente que você pode receber uma graça, pois Deus esta disposto a ajudar seus filhos, mas a cooperação e a confiança deve estar no mesmo centro das nossas intenções. Confiar simplesmente é ter fé. A fé engloba todos os pontos da vontade de Deus assim como a paciência e a confiança. Se não crescemos nestes itens essenciais na vida cristã, nós não alcançaremos a plenitude de viver e presenciar as promessas de Deus sendo concretizadas em nossas vidas.
Lembrem-se meus caros amigos que o próprio Jesus Cristo é uma promessa concretizada. Deus pela boca dos profetas do passado, anunciou a vinda do salvador para abitar carnalmente juntamente a nós!

"Vejam, eu enviarei o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim. E então, de repente, o senhor que vocês buscam virá para o seu templo, o mensageiro da aliança, aquele que vocês desejam vira, diz o senhor dos exércitos."
Malaquias 3, 1

Cristo e sua vinda é uma promessa realizada. Por ele vivemos a nova aliança, onde todos nós temos a capacidade e a oportunidade da salvação pelo derramamento do sacrossanto sangue.

Deus não é alguém que brinca, mas alguém que cumpre sua  palavra com sinceridade e cautela! Suas promessas são dirigidas por sua santa e muitas vezes incompreendida vontade, mas não deixa de ser a vontade de Deus, por isso quem somos nós para questiona-lo? Que seja feita a vontade dele, assim na terra como nos mais altos céus!

"Quem tem paciência espera o fruto amadurecer e tem bons resultados, já quem não tem colhe o fruto verde!"

Esse é um dos papeis da igreja hoje, dar e ensinar o povo de Deus a ter perseverança nas promessas de Deus, ter paciência e esperar o tempo do pai para que grandes coisas sejam realizadas em nossas vidas. É  a igreja que nos da a esperança de um Deus de amor em tempos que as trevas dominam as nossas cidades e casas, mas Deus é a luz que pode surgir até nos lugares mais imprevisíveis.

"Estejam alertas e vigiem. O Diabo, o inimigo de vocês, anda ao redor como leão, rugindo e procurando a quem possa devorar!"  
1 Pedro 5, 8

"Confie em Deus e espere nele e você não ira se arrepender! Vale a pena crer!"

Lucas de Almeida Moraes
 
Espera no Senhor! Ele não é homem para mentir, mas sim para cumprir! 
                                                         Deus de promessas e realizações!
       

domingo, 21 de agosto de 2011

Pense nisso!

"De onde você estar, olhe para o norte, para o sul, para o leste e para o oeste, toda a terra que você está vendo darei a você e a sua descendência para sempre."
Gênesis 13, 14

Esta promessa de Deus se concretizou! Deus é fiel com sua criação, e por isso podemos confiar inteiramente nele!
Escreverei mais sobre o assunto!

Lucas de Almeida Moraes

O tempo de Deus não é o nosso tempo!


quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Agradecer!

Amigos quantas e quantas vezes nós recorremos a Deus para pedir uma graça? Muitas vezes não é mesmo! Mas esquecemos do que é mais sagrado e nobre da nossa parte: agradecer! Nós sempre vamos e pedimos com palavras meigas e doces, amigas e fraternas para receber um pedido, e quando recebemos o que foi suplicado, simplesmente viramos as costas e saímos andando rumo ao mundo como que nada tivesse acontecido.
Deus não é um ser que somente fornece, mas ele também precisa receber! Agradecer não é exatamente um mandamento, pois ninguém é obrigado a render graças, mas já parte do lado da consciência! Ai vem o pensamento em forma de pergunta: Sera que nós vamos ser tão mesquinhas a ponto de não agradecer tudo aquilo que Deus nos proporciona?
Veja o que Deus nos quer mostrar neste dia:

"A caminho de Jerusalém, Jesus passou pela divisa entre Samaria e Galiléia. Ao entrar num povoado, dez leprosos dirigiram-se a ele. Ficaram a certa distancia e gritaram em alta voz: Jesus, mestre, tem piedade de nós!
Ao vê-los, ele disse: Vão mostrar-se aos sacerdotes. Enquanto eles iam, foram purificados.
Um deles, quando viu que estava curado, voltou, louvando a Deus em alta voz. Prostro-se aos pés de Jesus e lhe agradeceu. Este era samaritano.
Jesus perguntou: Não foram purificados todos os dez? Onde estão os outros nove? Não se achou nenhum que voltasse para agradecer a Deus, a não ser o estrangeiro? Então ele lhe disse: Levante-se e vá, a sua fé o salvou."
Lucas 17, 11 ao 19

Veja meus caros, quantos são os que agradecem a Deus pelas bençãos. eu lhes afirmo que poucos serão salvos porque não reconhecem a grandeza de Deus, pois quando agradecemos nós reconhecemos que ele é o sumo criador, pai universal e aquele que pode nos dar a vida eterna, só Deus pode tudo, e por isso agradeça a ele por tudo!

"Agradecer a Deus não é uma lei, mas um ato da consciência!"

Muitas vezes já ouvi pessoas dizendo o seguinte: Minha vida esta uma droga, estou desanimado e cansado! Do que eu vou agradecer já que não recebi nada digno de ser agradecido? Isso certamente é uma falta de aprofundamento na palavra de Deus muito sério, pois Deus todo dia nos fornece milagres que devem ser agradecidos. Primeiramente tenho que lembrar a vocês que a vida é um milagre sem tamanho, é tão grande que a vida permanece até depois da morte, e estar vivo não é uma causa e um fato plausível para se agradecer ao pai criador? Obviamente que sim! Nós não temos a nossa família, nossos amigos e conhecidos? Isso também é para se agradecer, pois é nobre que nós rendemos graças a Deus pelas vidas que estão em nossa volta. O homem pensa que agradecer cabe somente a momentos de milagres grandiosos, mas esquece das pequenas e simples bençãos que Deus nos proporciona ao decorrer da nossa vida, na verdade são pequenas aos olhos pecaminosos humanos, pois todo graça de Deus é grande!
Como o egoismo consome os corações, pois diversas vezes não reconhecemos um pai que fornece inúmeros benefícios, mas o homem parece que vive de olhos fechados, só recebe a graça mas não é grato.

"De graças ao senhor porque ele é bom, o seu amor dura para sempre."
Salmo 118, 1

Amigos, Jesus Cristo no seu amor pela humanidade e pela criação de seu pai, deu a vida por todos nós, fazendo da cruz o trono do salvador, derramando cada gota de sangue sagrado sobre as cabeças dos justos e pecadores. Jesus Cristo morreu por toda a humanidade. Isso não é um fato que nos leva a agradecer por este ato de amor que aos nossos olhos chega a ser uma loucura? Meus amigos, sangue de Cristo tem valor inestimado, ele deu cada gotícula para que nós estacemos aqui testemunhando este acontecimento divino e milenar, mas apesar deste sacrifício ter ocorrido a dois mil anos atras ele continua com o mesmo valor, a mesma finalidade, pois o amor de Deus dura para sempre!   

Se fossemos analisar nós não merecíamos nada! As pessoas são assim já dos tempos de Noé e Abraão. Eram mesquinhas, egoístas, chatas e cheias de alto valorização, e convenhamos que somos assim até hoje. Então o que faz com que nós recebemos as graças de Deus é seu amor incondicional por todos os homens, pois outra explicação não a!

"Nossa esperança está no senhor, ele é o nosso auxilio e a nossa proteção. Nele se alegra o nosso coração, pois confiamos no seu santo nome. Esteja sobre nos o teu amor, Senhor, como está em ti a nossa esperança!"
Salmo 33, 20 ao 22

Meus caros, a inúmeras coisas para se agradecer a Deus! algumas delas é a igreja que atravessou seculos de historia, pois ele foi deixada aqui na Terra pelo próprio Cristo, e é material de salvação para inúmeras pessoas perdidas no mundo. Outra coisa para se agradecer é os nossos problemas! Isso mesmo meus caros, os nossos problemas, pois neles muitas vezes nós encontramos a caminho para a felicidade. Se prestarmos atenção em um fato curioso é que os homens de Deus depois dos evangelhos sofrem por cristo, e por este sofrimento e problemas diários se vangloriam e louvam fervorosamente a Deus.
Convido vocês agora a agradecer cada batimento do seu coração, cada piscada que seus olhos deram, pelo ar que entrou pelas suas narinas e encheram seus pulmões, pela natureza e sua beleza imponente e exuberante, pelos pássaros que cantam, pelo alimento e o pão que recebemos todos os dias , e acima de tudo pela vida que foi lembrada no sacrifício perfeito da cruz.
Convido vocês para a seguinte oração que preparei com muito carinho:

"Jesus, reconhecemos que não merecemos tantos favores da sua parte, mas reconhecemos que seu amor ultrapassa as barreiras da nossa iniquidade, tanto é que o senhor deu a vida com liberdade pelo seu sacrifício sauvifico!
Não merecemos receber tantas graças, mas agradecemos sinceramente pelos milagres operados e as graças alcançadas!
Muito obrigado pelo amor e carinho, pelo cuidado que tens proporcionado a nós todos!
A ti pertence o poder, a honra e a glória agora e para sempre, para os seculos e seculos, Amém!

Obrigado meu Deus por tudo o que tens nos proporcionado, somos gratos pelo seu amor sem tamanho!"
    
Lucas de Almeida Moraes


É mais nobre agradecer do que pedir!


                    Jesus eu, nós, todo o mundo te agradece as maravilhas que tens feito em nossas vidas! 

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Parece que foi ontem!

Amigos, venho neste texto lembrar de alguém muito especial que tenho certeza que marcou e marca nossas vidas como poucos marcaram. Um homem vestido de branco que adotou o mundo e viu esperança aonde parecia totalmente perdido e devastado pelos horrores do ódio. Sua voz ecoa sobre as nossas mentes até hoje, seis anos depois da sua morte. Sua imagem é calma e ao mesmo tempo dolorosa, pois em sua face estava estampada a figura debilitada e frágil, mas que encontrava na pouca força que tinha a motivação para prosseguir seu legado de paz! Este homem é Karol Jósef Wojtyla, o grande papa João Paulo II.
Só Deus sabe a saudade que este homem deixou nesta terra. Em cada coração católico ou não, se abriu uma ferida, um peso que vai levar mais algum tempo para aliviar.

"Saudades do homem vestido de branco!"

Em Wadowice na Polônia, no dia 18 de maio de 1920 veio ao mundo aquele que se tornaria um dos maiores comunicadores que já existiu. Fez da sua vida uma poesia, estrofes de amor, um respirar lento que fazia musica. Uma vivencia em Deus fantástica, que até parecia que sua santidade conversava diretamente, face a face com o criador.
No dia 22 de outubro de 1978 no sua primeira homilia como papa, disse uma frase simples e curta, mas de extrema importância pra seu tempo:

"É preciso abrir as portas para Cristo!"
João Paulo II

Nunca ouve um homem nos tempos atuais que projetou tanto a sua imagem e a sua voz, fazendo das palavras doces e fraternas o descanso de tantas pessoas precisando de carinho e um pouco de Deus. Sobre a sua batina branca pesava o cansaço, o desgaste e uma vida de 85 anos de idade, uma historia tão rica que ficou marcada em cada ruga que cobria a sua face que era dona de um sorriso lindo e carinhoso. João Paulo II foi um homem que as retinas buscavam mais do que uma simples imagem, mas um momento único e oportuno de buscar um exemplo.
O seu olhar perdido no horizonte, suas mãos agarradas na cruz inseparável onde apoiava a cabeça com os olhos fechados em uma oração profunda, um dialogo secreto, oculto e que chegava a fascinar quem o conhecia bem.

"O papa foi um homem que viveu pela oração e na oração!"

Um atentado, uma bala atravessou seu peito no dia 13 de maio de 1981, mas em vez de condenar, o papa nos mostrou o céu, pois perdoou o homem a quem o tentou matar naquela tarde ensolarada no Vaticano. Neste ato de extremo exemplo, João Paulo nos mostra que uma das maiores virtudes cristãs é o perdão!
Todo solo que pisava, todas as nações que recebia seu andar, tinha a benção de receber um beijo do papa, em um gesto de se agachar até o chão, curvando um corpo fraco e pesado pelo tempo. Viajou centenas de países  falou mais de 100 linguás diferentes, abraçou pessoas pobres, ricas, crianças, adultos, idosos, negros, brancos, amarelos, índios, americanos, asiáticos, africanos, europeus e todos os povos, todas as raças existentes o papa Karol se dirigiu.
Sua voz cansada espalhou em meio a multidões, fraca e baixa, mas quando exigia firmeza o sucessor de Pedro tinha a força e o estrondo de um trovão, a autoridade e o vigor tomava conta de suas mãos que estendidas ao povo dava a benção de um pastor a suas ovelhas.
Não escrevo novamente a vocês como mais um cristão, mas sim como alguém que cresceu em ambiente católico, e de la recebi toda a minha educação e ainda recebo.O papa era um homem que falava com os jovens e se igualava a eles, e isso foi uma das coisas que  particularmente me encantou no papa, pois ele chegava a quebrar protocolos para tocar e estar mais perto daqueles que tanto te amava. João Paulo II é um professor que mesmo não estando mais presente fisicamente, nos ensina que Deus é a unica saída para um mundo em guerras e desentendimentos.

"João Paulo II sera exemplo para muitas gerações!"

Um detalhe que chamava muita atenção em Wojtyla era o seu olhar sereno! Aqueles olhos brilhantes não viam somente um povo pulando e gritando o seu nome, mas viam pessoas carentes e necessitadas, precisando de justiça e compaixão! Resumidamente seus olhos viam e transmitiam amor!
Infelizmente depois de muitas dores, lagrimas e gritos agonizantes de falta de ar, no dia 2 de abril de 2005 o papa fechou seus olhos para nunca mais abrir. Um final de um pontificado de 26 anos, uma historia de luta contra a desigualdade, fome, miséria, sistemas políticos irregulares, guerras e a discórdia. Deixou aqui um legado incrível de que é possível achar luz em meio a tantas trevas.
Não falo de João Paulo II por simplesmente falar, mas falo pois para mim é um exemplo, um professor, um amigo que não conheci, mas que sinto que foi um dos melhores que eu já tive. Por isso só tenho que agradecer a Deus por nos conceder a graça de ter tido uma pessoa tão iluminada, tão cheia de amor que parecia ser um humano com super poderes, um ser sobrenatural, que conseguia transformar uma lagrima de tristeza em um choro de alegria. Por isso digo com profundo amor: obrigado santo padre! E desejo sinceramente que sua santidade desfrute da glória eterna de Deus pai!

"Eu posso lhes assegurar, que todos estes anos de minha vida que vale a pena dedicar-se a causa de Cristo!"
Papa João Pulo II

Lucas de Almeida Moraes.
Papa João Pulo II (1920-2005)


                                                                     Video belíssimo!
    

domingo, 14 de agosto de 2011

Mensagem ao dia dos pais

Meus queridos amigos que aqui se encontram novamente, tenho o prazer de dizer com muita alegria que o dia dedicado aos homens que fizeram a vida acontecer chegou. Homens de fibra, carácter e amor que gerou aqueles que o chamam de pai!
Muitas vezes estão dentro de uma casca dura chamada orgulho, mas por dentro é um dos seres mais sensíveis esperando somente um carinho. Os pais são aqueles que entenderam o plano de unidade de Deus, aqueles que fizeram a vida acontecer e educar devidamente seus filhos.

"Os pais entenderam o plano de unidade de Deus!"

Sabe meus caros, conheço pessoas maravilhosas que já não tem a figura física paterna, pois fizeram do céu a sua casa, mas saibam que pai é sagrado, pois até a morte não separa um amor tão grande como de um pai para com os seus filhos. Por isso não se sinta sozinho e muito menos excluído, pois vocês todos tem pai, na verdade nós todos temos dois pais, a figura humana paterna e Deus como o nosso criador.
Aproveito a oportunidade para expressar a particularidade familiar. Quando falo de pai lembreme da minha família que perdeu um homem exemplar. Meu querido avô seu Silvio de Almeida a quem eu tinha grandessíssima admiração, que agora descansa no sono eterno, mas ainda continua sendo o alicerce que une a minha família, um exemplo para mim sem igual, pois era mais do que um avô era um pai e amigo!

"Um pai continua sendo o mesmo até depois da morte!"

Não podemos esquecer de Deus, que é pai absoluto, criador da vida e amor eterno. Deus é o pai de multidões, e por esta causa é mais do que justo agradece-lo por tudo o que ele nos oferece com amor e compaixão, e até o que ele não nos da, pois até nas tribulações da vida não podemos deixar de louvar e agradecer a Deus.
Gostaria de deixar um recado especial e de extrema importância aos pais de sangue, os adotivos, os avos, os tios, os primos, os amigos e todos aqueles que criaram pessoas como filhos e por isso tem o orgulho e a benção de serem chamados de pai: ensinem seus filhos a rezar e orar, ensine eles que Deus é maior do que todos os problemas e desavenças da vida. Tomem como exemplo a figura bíblica de José o carpinteiro, que criou Jesus nos princípios da paz, justiça, da honra e da humildade. Não encarem seus filhos como uma pessoa normal que se encontra na rua e se diz um simples oi, mas o abrace, o beije e diga a eles palavras que confortem seus corações, pois o pai não é somente aquele que fornece bens materiais, mas aquele que fornece atenção, carinho e ouvidos para escutar e a boca para demostrar o seu afeto paterno pelas palavras.

"Pai não é somente aquele que te gerou, mas aquele que especialmente te criou!"

Não posso perder a oportunidade de lembrar especialmente do meu pai, que me educou na fé, e eu reconheço que se hoje eu escrevo e falo sobre Deus a todos vocês, foi por causa do meu pai que me apresentou um Deus que é maior que a pessoa dele, pois todo pai é visto como um herói, mas o meu me mostrou que Deus é o herói maior e existente, pois não a heroísmo maior do que morrer no lugar de vários! Lembro quando criança, que todo domingo eu e meus irmãos estávamos na igreja e meu pai incentivantemente nos lembrava de viver uma vida na fé, nos ensinamentos bíblicos e aprender cada vez mais sobre Deus. Agradeço a ele por ter me ensinado que Deus é um ser existente e esta sempre comigo, disposto a dar socorro para aqueles que nele confia. Meu pai graças ao bom Deus é um homem de fé, trabalhador, bom e honrado. A fé comove o coração do meu pai, e por isso só tenho que agradece-lo, pois eu sei que o trabalho ardo que tanto ocupa a sua vida não é somente pensando nele, mas também nos seus filhos.
Deus na sua infinita sabedoria nos enviou homens de carácter para que fizesse a unidade da criação dele crescer e se multiplicar. Por isso não podemos esquecer hoje de lembrar daquele que se deixa ser chamado de pai por toda a humanidade: Deus é nosso pai, e não tenha duvida desta afirmação concreta! Mas infelizmente Deus é uma pai que tem muitos filhos que não o reconhecem. Lhes garanto que Deus é muito amado por muitos também, pois o seu amor é reconhecido e compreendido por multidões.

"Deus é o pai de multidões!"

Espero que a minha mensagem de paz ultrapasse as muralhas e grandes muros dos presídios, de casas de reabilitação, de manicômios, de delegacias, de asilos, casas de órfãos, hospitais e todas as casas onde um pai é ausente e presente. Peço novamente que todos nós temos um pai, um pai que nos ama sobrenaturalmente, que atende a sua mão para nos tirar das trevas e problemas, aquele que trocaria reinos por nós, aquele que é o principio e o fim e governara com glória e cetro de justiça durante seculos e mais seculos, do principio até sempre.
Por tanto convido vocês hoje para dar um abraço naquele que te criou e dizer palavras carinhosas a ele, e também pedir perdão por algum ato que desagradou ambos, é o momento do orgulho deixar nossas vidas e o coração falar mais alto! Se você ja não tem mais seu pai na figura física convido você abraçar e ser carinhoso com aquele que te criou e ore e peça a Deus para que conforte os corações machucados e com saudades, pois o céu é maior que este mundo ele não esta mais na companhia dos inúmeros homens maus, mas sim na presença iluminada de Deus!
Termino este texto desejando sinceramente um feliz dia dos pais e que a fé no Deus que é pai, filho e espirito santo faça morada nos corações de todos os pais, filhos e todas as famílias. Que Deus abençoe a todos!

"Feliz dia dos pais!"

Lucas de Almeida Moraes         
Eu te amo PAI! 

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Obediência

Amigos, convido vocês todos a refletirem alguns momentos juntamente a mim para que possamos ter um maior conhecimento sobre a obediência. A tão falada liberdade no mundo, que em vez de enriquecer só empobrece o espirito e a vivencia humana, nos apresentando uma vida "facil", imperfeita e destruída, nos fazendo esquecer que uma vida em Cristo é uma vida cheia de obstáculos a serem driblados. Liberdade são é somente sinônimo de felicidade. Temos que identificar o que é do mundo, ou seja, o que é maléfico, e o que é divino.

"Existe liberdade em Deus, mas ela exige obediência!"

A obediência é a chave e o ponto alto da verdadeira liberdade em Deus. Deus na sua suma sabedoria criou  mandamentos e leis para que o seu reino fosse dirigido de acordo com a sua santa e inteligente vontade. Viver nestas leis é estar em plena obediência, estar em caminhos de luz longe das trevas e a ruína, sempre fazendo o bem e pregando que o amor do pai é grande para com os seus filhos.

"Quanto a vocês, irmãos, nunca se cansem de fazer o bem."
2 Tessalonicenses 3, 13

Nunca deixar de fazer o bem é  uma questão obvia de obediência que engloba tudo o que Deus nos pede, pois ele só quer o bem para seus filhos. Amar é o maior ato de libertação, pois no amor se encontra as chaves para desatar todas as algemas de maldições, todas as correntes que nos prendem ao ódio e tudo aquilo que nos amarra ao desgosto e o pecado extremo.
Basta que estejamos atentos para que não caímos na desobediência, pois o inferno vibra de alegria toda vez que um filho de Deus tropeça, mas temos que levantar e nos arrepender sinceramente dos nossos atos e enfrentar todos os obstáculos que o maligno coloca a nossa frente, com a intenção de ver aquele que esta em Deus cair na perdição.
Deus nos revela como ser obedientes a seus decretos pela sua palavra. É ali que encontramos em linhas mais claras a revelação do seu carácter, da sua maneira de tratar as pessoas e da grande obra da redenção. Por tanto, encha o seu coração com as palavras de Deus, pois ela é quem nos educa e ensina a como ser justo, amoroso e pacifico diante de problemas, desentendimentos e desavenças.

"A palavra de Deus nos ensina a sermos prudentes!"

Para que prosperemos na obra santificadora da obediência, é preciso a fé no dialogo com Deus, ou seja, uma oração sincera e verdadeira, alcançando a plenitude divina, encher o nosso espirito e o nosso corpo de resistência para que os nossos ouvidos não passe a voz sedutora do Demônio, mas que seja a porta de entrada para a palavra de Deus, e que entre em nossos corações para sermos quebrantados. A oração é um fato tão importante que até Jesus se comprometeu para com o dialogo divino. Cristo teve uma vida totalmente intensa de oração, e ai vem a questão: se Cristo orou, porque não nós?

"Sempre dou graças a Deus, lembrando-me de você nas minhas orações."
Filemom 1, 4

"Orem também para que sejamos libertos dos homens perversos e maus, pois a fé não é de todos."
2 Tessalonicenses 3, 2

Deus é tão bom conosco que deixa instruções para uma vida gloriosa e cheia do espirito santo, pois é ele que nos transforma como fez com os apóstolos. Podemos tomar como exemplo a vida dos discípulos de Cristo, que eram homens imortais como nós, pecava como qualquer ser humano, mas que viveram estas instruções e também as pregavam para que todos tivessem o conhecimento do plano de Deus a partir do sacrifício sauvifico da cruz e a boa nova da ressurreição do filho da luz.

"O objetivo desta instrução é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência, de uma fé sincera."
1 Timóteo 1, 5

Não é impossível alcançar a obediência, mas é preciso obviamente uma dedicação, força de vontade da nossa parte, para que nós não venhamos a tropeçar nas pedras no caminho longo desta caminhada chamada vida, e a palavra de Deus é bem clara quando se fala das quedas no pecado:

"Você, porém, homem de Deus, fuja de tudo isso e busque a justiça, a piedade, a fé, o amor, a perseverança e a mansidão."
1 Timóteo 6, 11

Queridos amigos, ser obediente não é um ato que seja concretizado de forma banal e sem finalidade. A obediência é o equilíbrio, a força e motivação que nos da a força e vontade para que cada dia mais busquemos a Deus e sua justiça. Eu lhes asseguro, que nestes 17 anos da minha vida, vale a pena dedicar-se a causa de Cristo e a causa da santificação do meu próximo!

"Pois Deus não nos deu espirito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio."
2 Timóteo 1, 7

"Nenhum atleta é coroado como vencedor, se não competir de acordo com as regras"
2 Timóteo 2, 5

Reflita no que estou dizendo, pois o Senhor lhe dará entendimento em tudo."
2 Timóteo 2, 7    
    

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Porque acreditar em Deus?

Queridos amigos leitores, venho hoje apresentar esta pergunta que já não é tão rara em tempos atuais: Porque acreditar em Deus?
Acreditar é o ponto chave da questão, a fé muda o pensamento e nos faz rever conceitos, e é esta fé que nos da este acreditar, acreditar em algo maior que nós, não simplesmente pelo pensamento errado de um grande ditador acima de nós, pois não é esta a posição que Deus assume diante de sua criação. Deus para estar no meio de nós se faz alguém que não veio para ser servido, mas sim para servir! É esta servidão que Jesus Cristo mostra em sua vivencia terrena, ele que era e é o legitimo filho do criador, veio como pobre e abitou no meio da fome, da pobreza, da injustiça e da incredulidade. Cristo mostrou e disse que era filho do rei, mas se fez um dos mais simples plebeus que serve o seu senhor, chegando a dar a sua vida na cruz por este senhor, e este senhor somos nós!

"Uma questão obvia de fé!"

Acreditar em Deus não se trata de ter medo do inferno, mas de buscar um maior sentido a nossa existência, não somente espiritualmente falando, mas humanamente. É claro que não posso deixar de comentar sobre alguns fragmentos da bíblia que é bem claro quando se trata de quem cre e quem não cre. Querendo ou não a condenação, ou seja, o inferno existe para quem cre, pois se o céu existe o inferno também passa a existir, talvez vocês me digam que não necessariamente, mas é assim que a palavra de Deus nos ensina.
A misericórdia de Deus não tem limites, por isso penso que a salvação esta aberta para todos, mas quem nos da ela não é Deus, mas nós mesmos! Salvação é uma escolha pessoal, um sim para uma vivencia no que esta de acordo com as leis de Deus. Sinceramente, se me fizerem a seguinte pergunta: O ateu pode ganhar a salvação? Eu simplesmente e sem vergonha nenhuma, responderia que não sei, pois o grande juiz é quem bate o martelo e reconheço que a muitos crentes que também irão ser condenados, pois fazem de sua fé uma brincadeira, não seguem de acordo aquilo que professam, mas Deus deu a liberdade de escolha de caminhos, e todos são livres para escolher qual trilha seguir. Dos olhos de Deus não foge nada, mas penso que a misericórdia deve ser maior que a condenação.

"O ateu pode ser salvo?"

O grande problema hoje presente em nosso meio é que muitas pessoas precisam ver para crer, ser testemunhas oculares de uma existência sagrada. Apresento a vocês um texto bíblico que particularmente gosto muito:

"Tomé, chamado Dídimo, um dos doze, não estava com os discípulos quando Jesus apareceu. Os outros discípulos lhe disseram: Vimos o Senhor! Mas ele lhes disse: Se eu não colocar o meu dedo onde estavam os pregos e não puser a minha mão no seu lado, não crerei.
Uma semana depois , os seus discípulos estavam outra vez ali, e Tomé com eles. A pesar de estarem trancadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: Paz seja com vocês! E Jesus disse a Tomé: Coloque o seu dedo aqui, veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. PARE DE DUVIDAR E CREIA.
Disse lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu!
Então Jesus lhe disse: Porque você me viu, você creu? FELIZES OS QUE NÃO VIRAM E CRERAM.
João 20, 24 ao 29

"Felizes os que não viram e creram!"

Deus se faz no invisível, um mistério, e este mistério é o que deu resultado a fé. Mas porque Deus é invisível? Ora. Deus não esta só em um lugar, ele esta em toda sua criação, e o mundo é sua criação, Deus é onipotente, esta em vocês todos, até no não crente, pois todo peito que bate um coração Deus esta presente verdadeiramente como mistério da existência da vida, esta oculto em nossa vivencia, mas não deixa de estar presente. Talvez a minha visão não seja aceita, pois a verdade que eu tenho não é a mesma dos outros, mas eu confio no que Deus me apresenta pela sua palavra, e dela só tiro coisas boas para a minha vivencia cotidiana, eu tenho fé e sei que para mim é substancial e preciso acreditar em Deus.

"Deus esta em tudo!"

A figura de Deus muitas vezes pela própria religião é passada do modo incorreto. Muitas vezes já ouvi que Deus é um tirano vestido de branco, sentado em um trono de ouro puro, com uma coroa detalhada sobre sua cabeça e segurando um cetro de ira. Esta visão de quem Deus é e quem ele é esta errada. Deus tem um rosto, e este rosto e o próprio Jesus Cristo. Cristo foi alguém que viveu do pouco e deste pouco dividiu e fez multiplicar o pouco que tinha. Deus e Jesus Cristo são da mesma natureza, o Deus pai, filho que se faz presente realmente no espirito santo.
Realmente, meus olhos nunca foram testemunhas da existência de Deus como um ser que deixa ser visível, mas meus olhos viram uma flor exuberante exalando o seu perfume e dando néctar a um beija-flor, os pássaros praticando o milagre de voar, as arvores que um dia foram um simples broto e agora parecem que vão tocar as nuvens do céu. Não encaro a criação como somente uma obra biológica e evolutiva, mas a vejo como fruto de uma sabedoria que fez da perfeição a sua ápice monumental, ou seja, Deus esta em tudo o que ele criou!
Deus esta no amor, e esta até no amor de um ateu pelo seu próximo, pois obviamente como pessoa o ateu também faz parte da criação, ou seja, ele também é obra de Deus, e por isso  também tem em si este amor que ele desconhece e não sabe como é divino e sagrado!

"Crer ou não crer? Eis a questão!"

Deus é um pai que tem muitos filhos que não o reconhece, mas apesar disso o pai não deixa de amar, e é isto que particularmente me faz a cada dia mais me entregar a esta causa de salvação, a causa de Cristo, e me comprometer com a propagação da palavra de Deus que para mim é essencial. Não vivo de religiosidade, eu vivo a verdade, eu vivo em Deus!
Deus não é fruto de uma loucura humana, mas o homem é fruto de amor sagrado!
Ateus, vocês que tanto comentaram aqui e sei que irão continuar, saiba que sempre irão ser bem vindos! Vocês que comentaram os textos anteriores respeito vocês verdadeiramente, pois os vejo como meus próximos a quem Deus que eu tanto creio me pediu para : Amar o próximo como a si mesmo! Quero que saibam que sim, a minha intenção querendo ou não é abrir os olhos da fé em vocês para a realidade que eu vivo, mas também respeito a realidade de vocês. Agradeço a cada um que me criticou e aqui colocou suas opiniões, e confesso que aprendi coisas novas com elas! Muito obrigado a todos!

"Deus é um pai que tem vários filhos que não o reconhecem!"

Lucas de Almeida Moraes
               

terça-feira, 9 de agosto de 2011

A diferença entre Deus e a religião.

Caros amigos leitores, a alguns dias venho postando alguns textos que avaliam um comportamento ético teológico, e que entra na areá polemica que querendo ou não, sempre criara uma rixa eterna entre crentes e não crentes, adeptos ao crer e os que não concordam com a ideia salvífica da existência plena de um ser divino que da sentido a toda criação.(Deus)
Hoje venho apresentar a vocês um fato muito importante para a nossa vivencia dentro de um convívio religioso. Vou apresentar a diferença entre a pessoa de Deus e a religião.
Basicamente posso já assegurar que Deus e a religião no modo teológico extremo de se pensar, andam de mãos dadas, só que na religião não se compara a Deus no aspecto da perfeição. Deus até certo ponto se faz presente na religião, e a usa para ter um certo contato mais preciso e direto com a sua criação, ou seja, com a humanidade.
Deus é o criador de normas, e a religião em outras palavras é a professora, a catequista que ensina estas respectivas normas, ou seja, as leis. Muitos que hoje se intitulam não crentes (ateus) não se adaptaram a estas normas, e muitos que antigamente creram deixaram simplesmente de crer pois o que Deus impunha a eles, ou seja, a religião, eles não eram de acordo, e por isso saíram desse convívio religioso. É claro que não podemos julgar a todos, pois a pessoas que devem ser evangelizadas que estão prezas a si mesmas, e precisam ser evangelizadas e passar a crer, e automaticamente quando se fala em evangelização nos também falamos de conversão, e este é o maior desejo prezo a evangelização, e esse é um dos papeis da religião: converter o povo. É preciso saber que também os decretos religiosos não são perfeitos, e por isso são muitas vezes entregues aos erros que da mais pura naturalidade que aconteça, quebrando assim toda a ideia infalível religiosa, pois este pensamento esta relacionado ao próprio homem, pelo simples fato dele ser aquele que dirige as religiões, e por isso ela se torna pecadora, e é este pecado que diferencia a religião da pessoa perfeita que Deus é.

"A religião esta nas mãos humanas, e por isso não é totalmente perfeita. Esta vulnerável aos erros!"

Esta imperfeição religiosa diferencia totalmente o aspecto da soma entre esta religião e a pessoa de Deus:

Deus +  Religião= Diferença

É claro, não estou nagando a eficacia da religião, mas estou apresentando e mostrando a vocês que Deus se difere da religião pela perfeição encontrada nele. Também temos que lembrar o feito bíblico, histórico e verdadeiro, que o próprio Jesus Cristo na sua condição física e visível aos olhos do homem criou a sua igreja, ou seja, criou um crer, o cristianismo, que pode ser chamado de uma religião, pois ele deixou esta criação nas mãos dos homens, e por isso ela se torna pecadora, mas também não podemos negar o seu lado divino e santo, isso mesmo santo, pois apesar de sua condição erronia, ela foi criada pelo Deus filho, e esta criação foi feita com o intuito da santificação do homem e da busca salvífica de toda humanidade.
 Para aceitar uma religião é necessário crer que seja verdadeira. Obviamente a verdade faz parte de todo o processo da confiança, da fé e da crença apresentada. Deus nesse ponto se iguala a esta filosofia, pois ele passa ser o alicerce dos seres, e deve-se ter fé nele, e é uma questão de fé mesmo, pois o mistério e a mistica religiosa é o mistério da fé, somente a fé pode nos levar a plenitude monumental de chegarmos perto de Deus, não fisicamente, mas espiritualmente e porque não consciencialmente.
Outro problema que se enfrenta são as doutrinas estabelecidas pela religião. Temos que entender que doutrinas são frutos da filosofia e raciocínio humano, muitas vezes através de interpretações de textos bíblicos como exemplo no cristianismo, ou seja, as doutrinas são imperfeitas. É claro, é esta doutrina que forma a religião, e é mais um ponto que diferencia  e curiosamente ao mesmo tempo iguala a pessoa de Deus e a religião, pois as doutrinas humanas são basicamente regras e normas que são postas a frente dos fiéis, e Deus querendo ou não também nos coloca regras e leis, como por exemplo os 10 mandamentos.

"As regras são essenciais, em outras palavras são precisas, pois se não houver regras a fé desmorona!"

A religião com hoje, simplesmente erronia, sempre estará exposta á possibilidade de desmoronar, ou seja, de deixar de existir, e esta é outra diferença entre Deus e a religião. Um este vulnerável ao questionamento humano de continuar existindo, e o outro eterno, pois esta na condição máxima do supremo criador.
Amigos, a religião apesar de ser imperfeita é um caminho sábio para Deus, pois quem caminha com Deus tem a luz a frente, e a luz não deixa que nós caímos nas trevas do desconhecido. A religião tem o plano e foi criada com a convicção da salvação da humanidade, e não da condenação! a verdade realmente não esta cravada no sentido religioso, mas a religião é o caminho que nos leva a esta verdade.

"Deus é caridade, misericórdia, paz, paciência, tolerância, perdão, amor a Deus, e amor ao próximo. A religião humana é misericórdia sujeita ao numerário."

Lucas de Almeida Moraes.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Resposta aos comentários!

Amigos, venho por este texto responder com muita cautela é claro, a alguns comentários que fizeram ao texto que eu escrevi "Porque existe o ateísmo?". Senti que o texto foi aceito por uns e também não aceito por outros, mas teve o reconhecimento de pessoas até de Dentro das obras da igreja e de alguns amigos.
Pois bem, os comentários de algumas leitoras foram educados e particularmente me deixou muito feliz de saber que pessoas que não professam a fé em Deus entram no blog para ler os textos. Antecipadamente agradeço a visita e o comentário aqui deixado de forma tão culta e intelectual.
Assim começa um dos comentarios: Sou atéia, e sinto dizer que sua visão sobre o ateísmo esta completamente equivocada. Bom, na visão filosofica que me ensinaram  muito cedo, e nem por isto é infantil, me aponta que não estou enganado do que disse, e reafirmo novamente todas as palavras que usei, sem nenhuma intenção de desmoralizar os adeptos ao ateísmo obviamente. Ora reflita um pouco no meu conhecimento e raciocínio, pois o ateu segue a si mesmo, seus caminhos(espirituais) não tem definição, pois a sua vivencia se resume a somente viver e morrer, e depois da morte dizem que não existe nenhum plano superior (céu) simplesmente acabou.
Sem querer atentar a filosofia ateísta, mas já atentando de certa forma, eu não esnobo os ateus, pois apesar de não dividirem e testemunhar a nossa fé, que é sem duvida existente, são criaturas que no meu ponto de vista faz parte como todos de uma respectiva criação.
Foi destacado também nos comentários que eu julguei os ateus como "adoradores" de si próprios, da raça humana, de si mesmo. Mas ora, se o ateísmo não é isso qual é a sua finalidade? Simplesmente brincar que Deus não existe? A idolatria a pessoa humana, ou seja, de si próprio?
Sinceramente, agora eu falo por mim, deixando em alguns momentos a teologia e a filosofia. O amor, companheirismo e esperança sem Deus é erronia, impuro e entregue a superfluidade. Peso desculpas na minha resposta direta, mas não vou ficar dando voltas e mais voltas em um assunto como este, onde se trata somente de um amor pateticamente humano, sem a presença de Deus, isso para mim não existe. Mudar o mundo para um lugar melhor sem o engajamento das virtudes divinas, também é uma grande besteira, pois quando se fala em mudar o mundo, se fala em levar todos em uma mesma idealização, concepção e ideologia, e nós temos isso marcado em nossa historia, e um exemplo é o catolicismo que dominou a Europa, e levou consigo muitos fiéis.
Nos comentários temos a confirmação do que eu disse no texto "Porque existe o ateísmo!" Assim a leitora escreve:

"Não acredito nas doutrinas da famigerada Igreja Católica, no capitalismo da fé das igrejas protestantes, nos deuses africanos..."

Temos aqui mais uma pessoa que não acredita na existência de Deus, porque se decepcionou com a religião, se rebelou contra sistemas doutrinários humanos, e por isso é "revoltada" com o próprio homem, pois todas as religiões são dirigidas por pensamentos e raciocínio humano. Deus é mais do que uma religião, Deus é mais que doutrinas me denominações. Deus é um ser existente que amou e ama a sua criação, que se deixa chamar de pai e toca os corações das pessoas, e espero que toque muitos corações rebelados que se encontram no mundo a fora.
É destacado também o seguinte:

"Deus que tanto massacra o povo do Oriente Médio"

Tenho que admitir que quando eu li isto eu tive uma pequena crise de risos, e depois uma tristeza silenciosa, pois Deus na sua natureza não massacra ninguém, no Oriente Médio as guerras milenares são provocadas por ideologias "religiosas" de grupos extremistas, que se dizem e alto se intitulam partes desta respectivas religiões, mas não seguem nenhum ponto a risca das doutrinas que pregam a paz e a caridade, por tento peso para os amigos não informados para que leiam mais sobre o assunto.
Diz também:

"Esta é a nossa postura embasada no raciocínio lógico que tal ciclo vicioso pseudo religioso apenas.... ainda mais o mundo em que vivemos."

Raciocínio logico? Fico a pensar, que logica é esta que encara Deus como inexistente, como uma historinha muito bem elaborada? Uma logica de supremacia do homem? Ou uma brincadeira com o divino? Talvez quem sabe o louvor da razão meramente humana?  Tenham o entendimento que a religião esta sobre os decretos da voz do homem, e por isso esta amarrada eternamente ao pecado, mas também não podemos descartar o fato que ela é a porta da salvação para muitos seres.

"Quanto mais excluirmos pessoas por motivos patéticos- como a sua posição religiosa- continuaremos em meio a esta sociedade intelectualmente primitiva."

Que fique claro que eu não tive a intenção de excluir ninguém, pois na minha opinião até os ateus tem oportunidade de salvação porque a misericórdia de Deus é infinita, e eu creio nisso! Não recorri as minha filosofia por motivos patéticos, e muito menos vejo meu pensamento como um raciocínio patético, mas sim inspirado na verdade, pois Deus não é este motivo patético que foi apontado pela leitora, mas sim digno de uma filosofia de engrandecimento, de honra e glória!
Não vejo uma sociedade intelectual primitiva quando se trata de crentes firmes na fé, mas no meu ponto de vista vejo uma sociedade que não cresce ideologicamente junto ao mundo pecador, mas sim que permaneceu na moral que foi passada de geração e geração, entusiasmada na verdade que não muda com o tempo e nem é passageira, mas eterna! Portanto é obvio dizer que Deus continua sendo o mesmo desde sempre, ele é o mesmo dos tempos de Abraão e Moisés, não mudou com o tempo, mas o tempo mudou com Deus, pois em vez de crermos mais com o tempo nós simplesmente deixamos de crer, e isso certamente é retrogrado.

"Sera que o mundo deixara de acreditar em Deus com o tempo? Eis ai a questão mais apropriada!

Lucas de Almeida Moraes.  




       


domingo, 7 de agosto de 2011

Porque existe o ateísmo?

Caros amigos e amigas que aqui se encontram e são recebidos com as mais sinceras boas vindas, hoje convido vocês a participarem desta filosofia que aqui vou apresentar, e também espero que todos compreendam o pensamento, pois este tema nos nossos tempos atuais se encontra muito sensível a colocações e criticas.
O ateísmo não vem de ontem e nem de algum tempo atras, mas vem de milênios que são quase impossíveis de serem contados pela historia. Este ateísmo não professa fé nenhuma em nenhum ser divino ou de luz, o ateu tem a idealização por ele mesmo, ele pode guiar a sua vida sem nenhum contato ou fervor a alguma divindade.

"O ateu vive por ele mesmo!"

Lanço a vocês a seguinte filosofia: como que o homem pode viver sobre decretos instituídos pela própria raça, ou seja, do próprio homem? O homem é guiado pela sua natureza pecaminosa, e por isso não vale a pena seguir decretos da razão humana, mas sim uma razão divina que é basicamente perfeita! Ai já entra outro ponto muito interessante dentro do ateísmo: o ateu não aceita uma perfeição, não aceita a razão sem erros. Ora, a razão não pode pertencer ao homem, pois nós somos maquinas de erros, a razão necessita de perfeição para se tornar esta razão, e esta perfeição o ser humano não possui.

"O ser humano não possui a perfeição!"

Particularmente penso que o ateísmo é uma mentira, pois no meu ponto de visto filosófico, teológico e do meu raciocínio, o ateísmo é um ato contra a religião e não contra Deus, ou seja, o ateu é revoltado com o próprio homem, pois é este homem que guia e dirige a religião e não Deus. O ateísmo nasce como um protesto contra esta respectiva religião que um dia o decepcionou, e por isso deu as costas a ela, e encara a religião que ele deixou como a própria figura de Deus, e por isso deixa de seguir seus ensinamentos e doutrinas.

"O ateísmo é a revolta contra a religião!"

Deus não é religião, Deus é perfeito, e o ateu odeia isso, odeia esta perfeição que insiste estar acima dele, e não acredita que posa existir um ato divino que possa dirigir a sua vida dentro de regras. A religião decepcionou muitas pessoas, e é por isso que nós vivemos em um tempo que a maioria dos templos estão vazios, mas de certa forma é culpa dela mesma até certo ponto. Mas porque até certo ponto? Simplesmente porque as doutrinas instituídas não agradão a todos, nem o próprio Deus em milênios de historia não agradou a todos, imagine a igreja que esta sobre a palma da mão dos homens.
Depois de reflexões eu penso que é quase ou totalmente anti humano alguém que não acredite verdadeiramente na existência de Deus ou em alguma existência sagrada e divina. É quase que impossível, anormal e antirracional! E tem gente que insiste em dizer que existe o mau e o Demônio e se intitula ateu. Ora, se existe o mau e o Demônio, existe o bem e Deus! Seria uma besteira ter esta colocação, pois é totalmente retrogrado pensar que o mundo é somente locomovido por obras e forças malignas. Eu convido vocês a pensarem assim: se existe o doce existe o salgado, se existe o direita existe a esquerda, se existe a mentira existe a verdade, então se existe o Demônio é obvio e plausível que Deus existe.
Mas se existe verdadeiramente um ateu que "honra" a sua posição, que não acredite em forças divinas e nem em divindades, tenho que dizer que este ser humano vive somente por viver, pois a essência humana não pertence a pessoa, mas sim a quem a criou pela força da sabedoria, e este alguém é o Deus, que por amor criou a humanidade e ama até quem não o ama, este amor chega até no ódio de quem carrega a besteira ateísta em si.

"Deus ama até quem o odeia!"

Amigos, o ateísmo existe porque nasceu de uma decepção, de uma revolta contra sistemas humanos e doutrinários, que apresentam muitas vezes em Deus de regras, um Deus de ira e que castiga severamente, mas esqueceram de mostrar a verdadeira essência presente no ato da existência divina que é o ágape, este amor divino, perfeito, eterno que nos mostra um Deus que ama, que protege e que esta disposto a atender sua criação!
Portanto tenham a capacidade de entender que Deus não é um personagem de historia em quadrinhos que fica fraco com criptonita, mas sim um ser que existe muito antes do mundo ser uma elipse, muito antes das constelações serem formadas. Deus é algo existente eternamente, e seu amor é como ele, eterno e infinito!

"O homem pode unir-se a Deus, porque Deus se une ao homem!"

Lucas de Almeida Moraes.      
         

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Deus, e a razão estão separados?

Caros amigos leitores, a alguns dias eu vir a ler um exemplar muito interessante chamado "Deus existe?", que é um debate intrigante entre um cristão e um filosofo ateu questionando a poder que esta na pessoa de Deus e se realmente ele é um ser existente. Recomendo a todos que querem ter questionamentos intelectuais e plausíveis sobre a existência divina. Nele um ponto discutido é o valor da razão, e se Deus age por esta razão ou emoção.
Este ponto extremamente filosófico esta ligado ao estudo teológico, pois a razão separada de Deus não é teologia, mas sim o próprio e puro ateísmo que vive totalmente fora do conceito cristão, que tem Deus pai, o filho e o espirito santo como centro da vivencia cotidiana.

"A razão sem Deus é ateísmo!"

Na nossa fé cristã que professamos, fica bem claro que não existe separação entre Deus e a razão, mas sim a união, pois Deus é a razão em pessoa, que mescla nesta respectiva razão a emoção, ou seja, desta mescla nasce o amor.

Razão + Emoção = Amor

Deus de sua razão concretizou as maravilhas da criação, e nesta criação esta tudo o que nos rodeia, tudo que tem vida, e esta criação é fruto de uma emoção que brotou do solo santo que é o coração de Deus.

"Deus age com razão e emoção!"

Jesus Cristo um dos maiores pregadores da razão nos apresenta a filosofia da verdade, mas de certa forma uma verdade escondida, oculta e invisível, mas nem por isso não deixou de dizer a verdade, pois o céu é existente. Mas ai vocês me perguntão: Como você sabe que o céu existe?
-Simplesmente porque eu acredito, eu tenho fé naquilo que me foi apresentado como mistério salvífico do homem, e é uma questão pessoal que me levou a acreditar neste "mundo" invisível e oculto para a pessoa física carnal, mas visível para a alma que um dia descansara em Deus.
Eu estou convencido de que o homem precisa conhecer a Deus, pois nele esta a razão não somente da sua existência, mas também da sua essência. Estou convencido que Jesus surgiu da verdade e o sentido racional, e a verdade não é a propriedade privada de alguém, ela deve ser compartilhada, deve ser conhecida.

"O homem precisa conhecer a Deus, pois nele esta a rezão!"

A fé é um dos pontos mais discutidos nesse aspecto de racionalidade, pois é ela que nos da o conhecer e o acreditar em Deus ou não. A matéria racional esta juntamente com a fé, pois como eu disse: ela nos aproxima de Deus, e por isso nós chegamos até a tão discutida razão. Eu diria que a fé no seu especto vivo é um dom que todos tem, e não algo ao alcance de poucos, pois todos nós temos condição e capacidade de raciocínio de acreditar na existência de Deus.
Realmente a fé em Deus no estudo filosófico ateu não é necessário em absoluto para dar sentido a própria existência, pode-se dar sentido a vida e a existência de varias formas fora do âmbito divino. Já na chamada teologia natural, Deus na sua função de criador se fez o autor legitimo de toda criação, e por isso a vida tem somente um criador.
É claro, que não podemos esquecer de destacar que nesta razão se encontra os valores de assumir um compromisso em favor da dignidade do homem, da liberdade e o livre arbítrio, da generosidade para com os pobres, para com todos os necessitados, não só de Deus, mas sim de bens materiais que são essenciais para a sobrevivência humana.

"A razão tem o compromisso em favor da dignidade da pessoa humana!"

Esta respectiva razão não foge da nossa identidade e realidade humana, nem da realidade verdadeira divina, mas sim junta de certa forma o homem e o divino, pois nos atos dos homens pode-se chegar mais perto de Deus. Já que a razão une o homem a Deus, podemos dizer que:

"O pecado que em primeira instancia é um perante Deus, é porem, sempre um pecado também contra a humanidade!"

Como vimos aqui, esta razão começa muito cedo, até antes de Cristo, porque a maioria das vezes eu sitei o valor da criação, e esta criação é o começo de tudo, o Gênesis puro que nos conta a beleza da sabedoria de Deus nos sete dias de sua grande obra. E certamente ficou claro que a criação é proveniente de uma mente, de uma emoção que Deus teve.
Queridos amigos, espero que ficou claro ao entender de todos que Deus é a razão e não existe separação e nem divisão, mas sim a união e a emoção que age justamente com a razão.

Lucas de Almeida Moraes


segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Um livro digno de ser chamado sagrado!

Amigos, Deus na sua bondade grandiosa quis se revelar aos homens, e se revelou pela boca dos próprios homens, mostrando sua majestade nas palavras santas e verdadeiras dos profetas. As sagradas escrituras é o dialogo vivo e presente de Deus com a humanidade, nos mostrando assim esta grande revelação que é o contato divino e humano através das palavras santas que a bíblia nos apresenta.
Temos que ter o reconhecimento e o conhecimento que Deus é o autor legitimo das sagradas escrituras. Deus usou os profetas como instrumentos para trazer a verdade até nós, para que a humanidade tivesse o conhecimento desta existência fascinante e celestial que é o sagrado.

"Deus usou os profetas de modo especial, pois eles foram instrumentos da verdade!"

Os Hagiógrafos são aqueles que escrevem a palavra que foi inspirada pelo próprio espirito santo. Quando falamos em livros inspirados, entendemos aqueles livros que formam a bíblia por inteiro.
A Bíblia é um patrimônio sagrado, uma preciosidade que atravessou mais de 2000 anos de historia, sempre presente e viva, transmitindo o que Deus queria falar ao seu povo. Ela foi confiada aos apóstolos que levassem a palavra de Deus para todas as criaturas terem conhecimento do reino do céu, e assim depois de muitas lutas e derramamento de sangue temos a oportunidade de ler e escutar o que Deus tem a nos dizer!
É tão grandioso o poder e a eficácia que se encontra na palavra de Deus, que ela constitui vigor para a própria igreja no seu convívio geral, também os filhos desta igreja que nos criou e por isso é nossa mãe. A bíblia nos ajuda a transmitir a respectiva fé que ela mesmo nos passa, é alimento de salvação da alma e pura fonte da vida espiritual e da pessoa humana. E por isso que o acesso á sagrada escritura seja completamente aberta as pessoas, pois todos tem o direito de conhecer e viver a verdade intensamente.
Nos dias de hoje a igreja é uma das fontes onde o homem pode se alimentar desta palavra e aprender a viver desta palavra que deve ser viva, pois palavra morta não tem valor! A igreja tem como suporte de fé suprema as divinas escrituras, que pelos seus ensinamentos cresce na fé no Cristo que por sua vontade criou esta igreja como fonte de salvação.

"A igreja é pregadora da palavra de Deus!"

Amigos, a bíblia não deve ser um livro esquecido em cima de um guarda roupas. A bíblia é um livro para a família, para os amigos, para toda a vivencia cotidiana do homem, no seu dia-dia, nas horas de angustia e dor, na hora da felicidade e exito, para todos os momentos da vida, pois é isso que a bíblia nos ensina: viver a palavra de Deus presente constantemente nas nossas vidas!
Outro ponto a ser lembrado é que temos que encarar as sagradas escrituras como fontes de verdades históricas, e não um mero livro de contos de fadas, onde o lobo corre atras da chapeuzinho vermelho. Jesus Cristo é uma certeza e não uma duvida e nem uma hipótese, e isso a bíblia nos apresenta com clareza nos quatro evangelhos, que ocupam um lugar central, pois ali esta fragmentado que Deus se fez homem e cumpre a sua promessa de mandar o Messias para abtar fisicamente e visivelmente no meio de nós.

"Sem duvida podemos professar que as sagradas escrituras são realizações divinas que nos mandou palavras para que tenhamos fé, que nos leva a buscar uma perfeição cotidiana!"

Já nos dizia Jeronimo um grande teólogo de séculos passados:

"Por tanto ignorar as escrituras é ignorar Cristo!"

Jesus Cristo nos revela que as sagradas escrituras é uma obra divina, e por isto ela á competente, pois Deus é competente e vive da verdade, e o demônio vive da mentira. No apocalipse é revelado a nós que as sagradas letras são as verdades em palavras:

"Eis que venho em breve! Feliz é aquele que guarda as palavras da profecia deste livro"
Apocalipse 22, 7

"Aquele que dá testemunho destas coisas diz: sim, venho em breve!"
Apocalipse 22, 20

Cristo se revela pela boca de João que foi o profeta e instrumento para nos deixar a revelação do apocalipse. Depois de estudar um pouco a bíblia eu entendi e espero que vocês entendam, que Jesus Cristo é a revelação maior, o alicerce das sagradas letras, pois tudo na bíblia acaba na vinda deste Messias histórico, religioso e filosófico, mas não deixa de ser o Cristo, filho de Deus pai, que no caso é o velho testamento que revela esta promessa que no novo testamento é concretizada.

"Jesus Cristo é a revelação máxima das sagradas escrituras!"

Caros leitores, Deus fez esta obra milenar para que o seu reino pudesse ser construído de geração em geração, por inspiração na bondade dentro das leis, ensinamentos e educação que os sagrados escritos nos passa. Entendam que esta obra não é somente um livro de dogmas e religião, mas sim como uma obra que espalha o amor, obediência, paciência, disciplina e paixão pelas coisas pertencentes a Deus. Nesta obra esta a felicidade, é só ter discernimento para entende-la, e paciência para receber a graça!
Para que as escrituras não permaneçam em palavras mortas, é preciso que Cristo, palavra eterna de Deus vivo, pelo Espirito Santo nos:

"Abra o espirito á compreensão das escrituras"
Lucas 24, 45

Lucas de Almeida Moraes