Pages

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Parece que foi ontem!

Amigos, venho neste texto lembrar de alguém muito especial que tenho certeza que marcou e marca nossas vidas como poucos marcaram. Um homem vestido de branco que adotou o mundo e viu esperança aonde parecia totalmente perdido e devastado pelos horrores do ódio. Sua voz ecoa sobre as nossas mentes até hoje, seis anos depois da sua morte. Sua imagem é calma e ao mesmo tempo dolorosa, pois em sua face estava estampada a figura debilitada e frágil, mas que encontrava na pouca força que tinha a motivação para prosseguir seu legado de paz! Este homem é Karol Jósef Wojtyla, o grande papa João Paulo II.
Só Deus sabe a saudade que este homem deixou nesta terra. Em cada coração católico ou não, se abriu uma ferida, um peso que vai levar mais algum tempo para aliviar.

"Saudades do homem vestido de branco!"

Em Wadowice na Polônia, no dia 18 de maio de 1920 veio ao mundo aquele que se tornaria um dos maiores comunicadores que já existiu. Fez da sua vida uma poesia, estrofes de amor, um respirar lento que fazia musica. Uma vivencia em Deus fantástica, que até parecia que sua santidade conversava diretamente, face a face com o criador.
No dia 22 de outubro de 1978 no sua primeira homilia como papa, disse uma frase simples e curta, mas de extrema importância pra seu tempo:

"É preciso abrir as portas para Cristo!"
João Paulo II

Nunca ouve um homem nos tempos atuais que projetou tanto a sua imagem e a sua voz, fazendo das palavras doces e fraternas o descanso de tantas pessoas precisando de carinho e um pouco de Deus. Sobre a sua batina branca pesava o cansaço, o desgaste e uma vida de 85 anos de idade, uma historia tão rica que ficou marcada em cada ruga que cobria a sua face que era dona de um sorriso lindo e carinhoso. João Paulo II foi um homem que as retinas buscavam mais do que uma simples imagem, mas um momento único e oportuno de buscar um exemplo.
O seu olhar perdido no horizonte, suas mãos agarradas na cruz inseparável onde apoiava a cabeça com os olhos fechados em uma oração profunda, um dialogo secreto, oculto e que chegava a fascinar quem o conhecia bem.

"O papa foi um homem que viveu pela oração e na oração!"

Um atentado, uma bala atravessou seu peito no dia 13 de maio de 1981, mas em vez de condenar, o papa nos mostrou o céu, pois perdoou o homem a quem o tentou matar naquela tarde ensolarada no Vaticano. Neste ato de extremo exemplo, João Paulo nos mostra que uma das maiores virtudes cristãs é o perdão!
Todo solo que pisava, todas as nações que recebia seu andar, tinha a benção de receber um beijo do papa, em um gesto de se agachar até o chão, curvando um corpo fraco e pesado pelo tempo. Viajou centenas de países  falou mais de 100 linguás diferentes, abraçou pessoas pobres, ricas, crianças, adultos, idosos, negros, brancos, amarelos, índios, americanos, asiáticos, africanos, europeus e todos os povos, todas as raças existentes o papa Karol se dirigiu.
Sua voz cansada espalhou em meio a multidões, fraca e baixa, mas quando exigia firmeza o sucessor de Pedro tinha a força e o estrondo de um trovão, a autoridade e o vigor tomava conta de suas mãos que estendidas ao povo dava a benção de um pastor a suas ovelhas.
Não escrevo novamente a vocês como mais um cristão, mas sim como alguém que cresceu em ambiente católico, e de la recebi toda a minha educação e ainda recebo.O papa era um homem que falava com os jovens e se igualava a eles, e isso foi uma das coisas que  particularmente me encantou no papa, pois ele chegava a quebrar protocolos para tocar e estar mais perto daqueles que tanto te amava. João Paulo II é um professor que mesmo não estando mais presente fisicamente, nos ensina que Deus é a unica saída para um mundo em guerras e desentendimentos.

"João Paulo II sera exemplo para muitas gerações!"

Um detalhe que chamava muita atenção em Wojtyla era o seu olhar sereno! Aqueles olhos brilhantes não viam somente um povo pulando e gritando o seu nome, mas viam pessoas carentes e necessitadas, precisando de justiça e compaixão! Resumidamente seus olhos viam e transmitiam amor!
Infelizmente depois de muitas dores, lagrimas e gritos agonizantes de falta de ar, no dia 2 de abril de 2005 o papa fechou seus olhos para nunca mais abrir. Um final de um pontificado de 26 anos, uma historia de luta contra a desigualdade, fome, miséria, sistemas políticos irregulares, guerras e a discórdia. Deixou aqui um legado incrível de que é possível achar luz em meio a tantas trevas.
Não falo de João Paulo II por simplesmente falar, mas falo pois para mim é um exemplo, um professor, um amigo que não conheci, mas que sinto que foi um dos melhores que eu já tive. Por isso só tenho que agradecer a Deus por nos conceder a graça de ter tido uma pessoa tão iluminada, tão cheia de amor que parecia ser um humano com super poderes, um ser sobrenatural, que conseguia transformar uma lagrima de tristeza em um choro de alegria. Por isso digo com profundo amor: obrigado santo padre! E desejo sinceramente que sua santidade desfrute da glória eterna de Deus pai!

"Eu posso lhes assegurar, que todos estes anos de minha vida que vale a pena dedicar-se a causa de Cristo!"
Papa João Pulo II

Lucas de Almeida Moraes.
Papa João Pulo II (1920-2005)


                                                                     Video belíssimo!
    

5 comentários:

  1. Meus Parabéns , querido Lucas suas palavras são belas , e é possivel perceber o amor que vs senti, sente e tenho certeza que irá sentir pelo papa ! Não sabia muito sobre ele , mais quando li este maguinifico texto , dispertou uma curiosidade imensa de saber mais sobre ele, e concordo plenamente com tudo que disse. Novamenente meus parabéns ! Beijo . Priscila Campos

    ResponderExcluir
  2. é mano
    texto ficou muito bom
    gostei de saber da história dele
    com certeza é um ídolo pra nós.
    Diego Padovani

    ResponderExcluir
  3. BELAS PALAVRAS MEU QUERIDO FILHO, JOÃO PAULO II, ESTE GRANDE HOMEM, NÃO MEDIU ESFORÇOS PARA UNIR OS POVOS , DEDICOU SUA VIDA A CAUSA DE DEUS, FALOU A TODOS OS POVOS EM SEUS RESPECTIVOS IDIOMAS, FALAVA MAIS DE CEM, FAZIA QUESTÃO QUE TODOS OUVISSEM SUA MENSAGEM SEM QUE ALGUÉM A DUBLASSE, QUEM NESTE MUNDO FALA MAIS DE CEM IDIOMAS ? SEMPRE PREGOU A UNIÃO E IGUALDADE DOS POVOS, SEU MELHOR AMIGO, O QUAL RECEBEU COMO IRMÃO LOGO APÓS SER ESCOLHIDO PAPA, ERA JUDEU.
    BEATO JOÃO PAULO II, O PEREGRINO DO AMOR

    ResponderExcluir
  4. É pai, este homem tão abençoado deixou um grande exemplo a todos nós!

    "A benção João de Deus, João Paulo aqui estamos a família reunida!"

    ResponderExcluir
  5. Sem dúvida, inesquecível!E na minha opinião, o melhor SEMPRE :D

    ResponderExcluir