Pages

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

A igreja acomodada

O perigo esta ao nosso lado enquanto
estamos cômodos. 
           Queridos amigos, é um prazer receber cada um de vocês para refletir na obra que Deus nos deixou, para que de maneira estonteante possamos ter o conhecimento de sua eterna e magnifica eficácia.  Hoje trataremos de um assunto que particularmente me entristece, mas ao mesmo tempo me sinto na responsabilidade de que como cristão comprometido e em busca de uma vida centrada nos propósitos da moral e da minha fé não posso esconder a verdade de vocês.
           Hoje quero me dirigir especialmente a todo corpo hierárquico das igrejas cristãs, e especialmente a Igreja Católica e as incontáveis igrejas protestantes, mais conhecidas como evangélicas, que tem participação grandiosa no Brasil. Povo cristão, infelizmente o mau esta penetrando nas grossas  muralhas que a cristandade ergueu sobre as glorias de sua sublime majestade durante os séculos de sua preciosa existência. Paredes fortificadas sobre verdades concretas de fé e da moral cristã infalível. Com pesar tenho que lhes informar que estamos participando e ajudando a construir uma igreja acomodada.
          Uma boa parte dos padres, pastores e bispos especialmente deste país, não estão querendo engrandecer o nome de Cristo de maneira correta, mas sim animar a galera e especialmente o governo que os assiste. A igreja na qual os homens tem o domínio, esta perdendo a sua verdadeira identidade de sacrilégio no qual Cristo colocou os seus ensinamentos, no intuito de serem transmitidos a todas as nações, povos e etnias.
           Boa parte de nossos pastores esta querendo ser “politicamente corretos”, aquele que não quer sofrer criticas e nem ser caluniado pelos opressores da verdade que é Cristo. Querem participar de um governo que abertamente e descaradamente vai contra boa parte dos ensinamentos e os conceitos no qual esta nação foi praticamente parida.
           Quem conhece um pouco das sagradas escrituras tem o conhecimento de que um verdadeiro cristão, centrado na fé em que professa sempre ira sofrer e ser constantemente contrariado por causa do que escolheu para a sua vida. Pessoas que um dia prometeram fidelidade ao serviço da salvação não pode dividir o palanque com aqueles que pregam contra não somente a nossa fé, mas também ao direito da vida, de uma família sobre a sombra das tradições cristãs e de construirmos uma sociedade mais justa e fraterna.

“O papel da igreja é libertar o homem da injustiça, e não fazer dele um mero ser que não é assistido na grandiosa existência do cosmo.”

           Como eu disse é uma realidade que entristece. A santa igreja que passou pelas mãos dos humanos não pode ser centro de discórdias, mas sim de pleno encontro com a pura certeza que é Jesus Cristo. Eu faço a seguinte pergunta: Como vamos mostrar Cristo as pessoas sendo que participamos de atos que vão contra todo conceito divino?
           A igreja no Brasil realmente esta muito acomodada. Este silencio não somente não dos setores eclesiásticos, mas de todo o cristianismo  não pode continuar. O silencio diante de situações como a nossa nos obriga a deixar o silencio e gritar por um mundo mais justo e com fé na esperança. Precisamos de motivação, de lembrar que Jesus Cristo nos deu autoridade de agir em nome dele. Precisamos de ter mais orgulho da nossa escolha de seguir aquele que veio a nós e pediu que nós íamos até ele. Foi ele que lamentavelmente sem merecer sofreu injustiças, e em troca nos mostrou o céu, nos deu a sua vida e nos ofereceu a salvação de bom grado.   
Dom Helder Câmara 
          Particularmente não me sinto privilegiado de não ter sido testemunha das grandes obras como a do saudoso Dom Helder Câmara, um bispo que foi expulso deste país, e fora da sua nação tão amada não teve medo de condenar as injustiças cometidas pela ditadura militar. Não se sentiu contrariado em dizer para o globo inteiro o que ocorria no Brasil, como os escândalos das torturas que covardemente eram usadas, com frequência, nos porões de nossos quartéis.
          Precisamos de homens e mulheres assim, que levantem e deixem o conforto para fazer da sua voz o apelo dos aflitos e necessitados, empenhados e motivados para trabalhar pelo objetivo de Cristo.

“Quem permanece calado e tem conhecimento da verdade esta em pecado, pois é egoísta.”

      Padres, vocês que se comprometeram ao magistério católico, sabem que a situação na qual vivemos a cada dia que passa se torna mais critica, por isso, não se escondam nas suas paróquias, não se escondam atrás de suas belas batinas pretas, não esconda as palavras de boa nova dentro de suas bocas. Vocês não se ordenaram padres para viver sobre um sistema que em muitos aspectos nos condena por sermos cristãos e pedir os nossos direitos, mas são o que são para estar no meio do povo e exercer os direitos de cobrar um governo justo, solidário e pacifico.
        Pastores das inúmeras igrejas evangélicas, os senhores que tem a fé somente fundida fielmente nas sagradas escrituras, sabem que o caminho no qual esta nação trilha não tem como rumo o céu. Confio e convido os senhores a lembrar o dia em que foram sagrados. Naquele mesmo dia vocês juraram amor pela verdade, e por isso os senhores são mais que chamados, mas sim convocados a lutar juntamente com toda a cristandade por uma liderança sem baixarias e desordens.

“Quem disse sim a Deus comprou briga com o mundo!”

        Me lembro quando foi anunciado que haveria uma lei para o casamento de homossexuais e milhares de benefícios atribuídos a eles. No mesmo dia, a praça dos poderes na capital federal estava repleta de católicos, evangélicos e cristãos, gritando e protestando pelo fim desta baixaria. Quase um ano depois nos damos de cara com uma igreja calada, uma igreja que se fez somente pedra sobre pedra, construção calada e sem avivamento algum. Quando eu digo igreja, não quero me referir a igreja que é Cristo, pois ela é santa e nunca errou, pois esta cravada na própria pessoa do salvador como rocha firme. Quando eu digo igreja eu quero me referir aos homens que se prontificaram a servir a Deus, e apesar de seus pecados são convidados a se redimir de todos eles. Definitivamente me deparo com uma igreja que tem suas glorias, mas boa parte dela esta acomodada.
             Eu pergunto: Vamos ganhar o céu se formos seres acomodados com o que não é de Deus? A resposta ao meu ver é obviamente não. Jesus nos deixa claro em sua vivencia que ser cristão é se sentir incomodado com as injustiças. Ser cristão é ser corajoso o bastante diante dos monstros que surgem diante de nós como leis que ferem a moral na qual este chão nasceu. Contudo, ser cristão é não aceitar o mau.
Cristo não quer preguiçosos no reino de Deus, mas ele quer aqueles que estejam empenhados no precioso serviço de evangelizar. Portanto, desperte saia deste comodismo, pois não nascemos para ficar cômodos, mas sim para lutar.

“Quem tem ao seu lado a justiça de Deus jamais poderá ser injustiçado.”

            Queridos amigos, sei que desapontei muitos de vocês dizendo estas coisas, mas é preciso entender ter o conhecimento desta epidemia esta afetando e prejudicando a cristandade.
            Quando digo igreja não me refiro somente aos nossos pastores, mas também todo o povo de Deus, ou seja, você também. Será que você esta lutando de alguma forma contra as injustiças e a imoralidade que estão dominando e castigando estas terras que chamamos de pátria? Você é um trabalhador na obra de Deus ou um operário que dormiu no horário do expediente?
             Caríssimos, precisamos urgentemente agir, saber identificar as mentiras nas quais muitas vezes são citadas nos palanques e nos bastidores da politica deste país. Ainda há políticos que tem a pachorra de dizer que esta nação ainda é cristã. Sinto em dizer, mas não, não vivemos mais em uma sociedade Cristã. Como um país consegue ser cristão aprovando leis como a liberação do casamento homossexual, inúmeras tentativas de aprovações de leis para contribuir com a liberação de métodos abortivos, protestos para a liberação de drogas como a maconha, oferecem divorcio pratico e rápido e por ai vai inúmeros atos que ferem princípios, seguindo uma procissão de baixarias e atos totalmente desregrados e imorais, no qual as leis aos poucos estão apoiando e reagido no seu manso engatinhar até que vira a tona.  
              Convido você meu caro cristão e minha cara cristã, a se levantar e se sentir incomodado com isto. Talvez estas leis aparentemente possam trazer benefícios aos nossos cidadãos, mas são gestos camuflados, na verdade são lobos vestidos de cordeiro que vivem ao nosso lado como seres inocentes, mas na verdade estamos perto do perigo e nem sabemos disso. Estas leis escondem no seu cerne e destruição do sentido da família, a destruição da vida e apoio ao próprio ato do assassinato, desavenças entre casados, brigas  dentro do seio da família e assim por diante.
              Não podemos ser cômodos diante dessa situação alarmante, que se for bem estudada se torna uma loucura.
              Arregacemos nossas mangas e vamos começar a trabalhar para que vivamos debaixo da sombra da justiça e do amor de Deus, aquele que pode nos ajudar e sempre estará do nosso lado para que possamos achar apoio quando estivermos fracos e cansados.

“Sejamos revolucionários. Lutemos com as armas que é a palavra de Deus e sejamos firmes até o fim, pois quem persevera sempre vencera.”

“A maioria das pessoas pode fazer mais do que pensam que pode, mas em muitos preferem se afogar no medo e nunca saberão o gosto da vitória.”

“Você pode, eu posso, nós podemos!”

Lucas de Almeida Moraes 
Juntos moveremos montanhas! Sozinhos podemos mover grãos de areia. Já dizia o ditado:
Uma andorinha não faz verão. 

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Deus quer te usar!

       Deus te escolheu para ir aos confins da Terra para espalhar e anunciar a boa nova do evangelho! Você é convidado a marcar seus passos pelo mundo e falar de um Deus de amor, um ser que consegue juntar em um abraço toda a humanidade. Ele quer conquistar todas as nações, todos os povos, todas as etnias e línguas, mas para isso ele precisa de instrumentos, e você pode ser um. Vale a pena anunciar o amor de Deus! 








Não tenha medo, não tenha vergonha, não desanime. Você pode fazer a diferença como Cristo fez, basta dizer sim
e trabalhar para a salvação de todos. 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Viver a arte da amizade!

Primeiramente temos que ser
amigos de nós mesmos! Pois nos
amando vamos saber amar os outros! 
          Queridos amigos, sejam todos bem vindos a mais uma das inúmeras reflexões, onde Deus faça de maneira extremamente particular no coração de cada pessoa, pois ele pode enxergar além dos olhos humanos e tocar no mais intimo de nosso ser. Hoje vamos nos aprofundar em uma das criações mais fraternas que Deus nos presenteou, que trousse a nós a prova de um amor sem malicias, da certeza da existência de um sentimento que consegue abraçar inúmeros de uma vez só.
          A amizade é o sentimento onde Deus se espelha no abraço, no beijo e nos olhos daquele que te recebeu mais do que simples conhecido, mas sim como um verdadeiro amigo. Quando estamos perdidos nos abstratos confusos da vida, quando marcamos nossos passos nas trevas e estamos em crises, alguém te estende a mão. Este alguém é aquele que te recebeu como irmão, aquele que não divide o mesmo tipo sanguíneo, mas na união divide a própria alma.

“O amigo ama em todo momento, e para a angustia nasce o irmão.”
Provérbios 17, 17

         Caríssimos, a amizade é a verdadeira arte da sabedoria de um Deus que pensou em cada detalhe para a peregrinação terrestre do homem e para sua felicidade, pois quem tem verdadeiros amigos é muito feliz. Deus muitas vezes age por aquela pessoa que te da concelhos, que compartilha suas lagrimas, que reparte momentos e a própria vida. O sacrilégio da amizade é enxergar as maravilhas que o mundo despreza, pois o mundo não cultiva amigos eternos e verdadeiros, mas sim “amigos” que vivem na eterna busca dos interesses e na alto satisfação. Entenda que o mundo não é seu amigo. Ele é uma fabrica de egoísmo. Ele é dono dos arsenais da destruição, e quando eu digo destruição é a flagelação do corpo e da alma. Ele não quer a sua amizade concreta debaixo de lealdade e carisma, mas ele quer tudo o que você tem, e quando eu digo tudo é tudo mesmo.  

“Quem anda com sábios será sábio, mas o companheiro dos tolos sofre aflição.”
Provérbios 13, 20

            Quem anda com os amigos terá um anjo da guarda por perto. Quem anda com Deus terá o discernimento de separar o certo do errado. Quem anda de mãos dadas com o mundo tem o próprio Demônio como “defensor”, ele que veio para matar, roubar e destruir, o autentico e sumo pai da mentira. Se você anda de mãos atadas com o mundo te convido a deixa-lo, pois ele te garante sucesso, fama e bens materiais, mas no final ele te deixa nas mazelas do esquecimento e além de destruir o seu corpo ele pode acabar com sua alma.
             Jesus Cristo, aquele que se intitulava filho de Deus e de fato é o que diz, veio a nós não como um patrão que dita as regras assentado em um trono, mas como aquele que buscava e busca consolar um coração aflito no poder de um abraço, ou seja, Cristo veio ao mundo como um amigo intimo, que era capaz de mudar vidas ao usar o poder das palavras, de transformar alguém banalizado pela sociedade em um ocupante solene nos palcos da existência, de fazer com que os esquecidos fossem as estrelas mais brilhante no meio das galáxias. Ele tinha o poder imensurável e admirável de acolher um leproso e fazer dele um intimo amigo onde aquela pessoa marginalizada era convidada a dividir a mesma mesa para a sagrada partilha do pão. Jesus nos deixa explicito que a amizade no seu mais profundo significado é encontrar um sorriso estampado na face que agonizava pelas suas iniquidades, e encontrar a alegria nos territórios devastados pela tristeza. Amizade é isto: Buscar a nossa felicidade, e estar empenhados no serviço de ajudar os nossos amigos a alcançarem a meta.
Ser amigo é dividir a vida 
                  Jesus veio a nós como um amigo prontificado e empenhado a nos ajudar a alcançar a meta, e esta meta é o céu. Cristo é um grandiosíssimo amigo, pois prova de amor maior não existe do que doar a vida de bom grado pelos seus amigos. O mestre de Nazaré morreu pelos seus amigos e inimigos, ou seja, o amor dele era tão grande para conosco que ele morreu até por aqueles que não o tinha como amigo.  

“Na amizade encontramos a lealdade que esta de mãos atadas com a fidelidade.”

                 A arte que é a amizade é tornar a vida mais colorida com os pinceis da paciência e com as aquarelas da fidelidade. Quando temos as cores e os pinceis em mãos podemos criar mundos diferentes e fazer da vida uma eterna obra de arte, e é isso que a amizade nos proporciona, conhecer pessoas, culturas e personalidades diferentes. Uma porta aberta para o conhecimento. E é por isso que Jesus quer ser nosso amigo, pois nele podemos conhecer o caminho a verdade e a vida.
                 Ter amigos é estar de frente para uma tela prestes a ser pintada. Você começa a colorir com carinho e admiração, mas estamos propícios aos erros, e quando nos deparamos achamos um erro. Quando isto acontece somos convidados a começar tudo demovo e lembrar dos momentos em que a amizade teve sua ápice, e por isso que muitas vezes vale a pena perdoar. No perdão reconhecemos a nossa igualdade, a nossa identidade de seres humanos, pois todos nós, seres de carne, estamos sujeitos aos tropeços. Quando perdoamos os nossos amigos nós estamos praticando a verdadeira amizade, o sentimento que foi machucado mas que não morreu.
                 A arte de ser amigo requer de nós a paciência, persistência, lealdade, lagrimas, cuidado conosco e com os outros, amor, carinho e acima de tudo saber quando apoia-los, pois as vezes o amigo não esta ali para somente apoiar, mas sim ser a voz de Deus que te alerta e contraria. Temos que entender que as vezes o papel do amigo é ser contra  certos atos, pois não devemos apoiar coisas que aparentemente não trará o bem para o nosso próximo. Neste contexto se encaixa muito bem o conhecido ditado: Quem avisa amigo é.

“Deus fala pelas palavras benéficas dos nossos amigos!”

               Quem tem amigos ama a sua vida, pois compreendeu que é impossível ser feliz sozinho. Por isso sejamos amigo de Cristo, pois sem ele é impossível ser feliz, é impossível descobrir o porque da vida, o porque da existência e o porque da nossa humanidade. É esta humanidade que é convidada constantemente a participar de maneira verdadeira desta amizade com Cristo. É esta amizade que ultrapassara as barreiras da morte, pois Cristo continua sendo nosso amigo até depois da nossa caminhada terrestre. Ele quer ser tão amigo de cada ser humano que ele deseja profundamente que todos sejamos juntamente com ele um morador do céu.
               Amigos, quando alguém tropeçar estenda a sua mão, quando alguém errar esteja disposto a perdoar quantas vezes forem possíveis. Quando alguém lhe der as costas continue amando esta pessoa, pois o ódio destrói um coração que ama. Temos que imitar a Jesus. Enquanto aquele homem estava sendo levado para o calvário a maioria dos que estavam a sua volta o odiava, mas Cristo mesmo assim continuou amando.  Amar quem nos odeia para nós cristãos não é sinal de tolice, mas sim de gloria, pois é o amor que nos garante um céu, é o amor que nos apresenta um Deus que se encarnou e veio fazer parte da nossa humanidade partilhando conosco a dificuldade de viver em um mundo tão problemático.

“O amor é a única arma contra o ódio! Se eu for contra o ódio armado com a maldade eu estarei de alguma forma o alimentando, mas se eu for armado com amor contra o ódio eu o destruirei, pois os dois são de naturezas distintas. Somente os verdadeiros amigos sabem derrotar o ódio, pois reconhecem na sua amizade a eficácia do amor.”

            Amados, hoje os convido a ter um novo olhar para com seus amigos. Os convido a olhar para eles com mais amor e carinho, para que eles possam encontrar em vocês o apoio nas horas difíceis da vida. Quem não tem amigos não tem aonde se apoiar e por isso vivem tropeçando e caindo. Sejamos imitadores de Cristo, aquele que soube dizer não nas momentos apropriados, que soube perdoar aqueles que o negavam e até mesmo o traíram. O mestre que veio até nós e partilhou a sua vivencia conosco tinha amigos, e a sua amizade era puro amor, e este amor é capaz de destruir o ódio e alimentar os famintos de atenção.

“Quem imita a Cristo sabe que o amor pode mudar vidas!”

Lucas de Almeida Moraes
Quem tem amigos sabe e é capaz de amar! 

                                                                 Amigo para sempre! 

domingo, 12 de fevereiro de 2012

O semeador da vida

           Queridos amigos, como dizia Paulo em suas cartas: graça e paz! Hoje quero dividir com vocês este texto onde estaremos refletindo naquele que veio a Terra e nos ensinou a semear a bondade nos campos da maldade, a felicidade nos campos da tristeza e a esperança nos territórios dos desistentes. Jesus Cristo sem duvidas foi o homem mais fascinante que já caminhou por estas terras e até mesmo pelas aguas.  Quero compartilhar com vocês esta reflexão, onde estaremos mergulhando na vida deste homem que conseguiu estabelecer revoluções e nos deu a sabedoria de buscar mais do que nossos olhos possam ver, alcançar o céu, buscar as coisas que o nosso coração possa sentir e de modo particular possa transbordar de uma certeza que nos motiva a prosseguir.
           Jesus foi um grande semeador. Ele espalhou sementes por terras férteis e também terras podres. Ele tinha o poder de jogar as sementes por suas palavras. Cada frase, cada historia e cada parábola Jesus ia plantando no coração do homem o eterno anseio e desejo de segui-lo. Cristo era capaz de tirar o mau pela raiz e lançar uma semente de vida nova para tomar conta daquele coração ferido e machucado.

“Enviou sua palavra, e os sarou, e os livrou da destruição.”
Salmo 107, 20

          O homem cuja estamos falando sabia bem a hora de lançar a sua semente no território da vida do homem. Ele tinha a capacidade e a coragem de mergulhar na vida de cada pessoa que o buscava. Mergulhava e retirava a raiva, ódio, angustia, sofrimento, tristeza e egoísmo. La no fundo de nossa alma ele encontrou um pedacinho de solo de esperança, ele lança a sua semente e a rega com um pouco de perseverança.
          A semente significa vida nova, começar tudo outra vez. Jesus veio a nós como uma semente que com o tempo foi crescendo e dando frutos da fé. Uma coisa lhes digo e espero que guardem no coração de vocês: Quem não consegue enxergar o poder contido em uma semente nunca mudara o mundo que o envolve! Nela esta preza a mais verdadeira esperança em dias melhores, a expectativa de momentos bons ao lado de quem nos ama e a espera daquilo que Deus nos prometeu: a vida eterna.

“Cura-me Senhor, e serei curado, salva-me e serei salvo, pois tu es o meu louvor.”
Jeremias 17, 14

          Amados, há duas maneiras de fazer uma fogueira: com as sementes ou com um punhado de lenha. Qual delas você escolheria? Fazer uma fogueira com sementes parece um absurdo, uma loucura e obra de pessoas desqualificadas. Todos, certamente e até obviamente, escolheríamos a lenha. Entretanto o mestre, Jesus Cristo, pensava a longa escala, e por isso de maneira intrigante sempre escolhia as sementes. Ele as plantava, esperava que as arvores crescessem, dessem milhares de outras sementes e ai sim poderia fornecer a lenha para a fogueira. Realmente a inteligência daquele que nasceu em berço pobre e viveu do pouco era grandiosa.
            Se escolhesse a lenha, acenderia a fogueira apenas uma vez, mas como preferia as sementes, a fogueira nunca mais se apagaria. Jesus se comparou a um semeador que lança as sementes nos corações. Um semeador do amor, da paz da segurança, da liberdade, do prazer de viver e da dependência reciproca.
É engraçado como gostamos das labaredas instantâneas, das ideias relâmpago de motivação, mas, muitas vezes, não temos paciência e nem habilidade para semear. E se não temos nem paciência para semear, quem dera ter paciência para que esta semente possa brotar e vier a se transformar em uma arvore. Assim como as plantas que crescem nos pomares tudo tem seu tempo.

“Passará o céu e a Terra, mas as minhas palavras jamais passarão.”
Mateus 24, 35

              Como é lindo nos deparar com a sabedoria do redentor. Como é prazeroso explorar o conhecimento daquele que pensou em cada detalhe e cada perfeição para com sua criação. De modo extremamente fascinante deu a nós a oportunidade das evidencias de encara-lo como uma verdade de fé concreta, onde Deus não é uma duvida, mas uma certeza que vem sendo respondida e compreendida durante os séculos, uma verdade que quer ocupar de maneira exclusiva cada coração invadido pela duvida e que precisa de uma resposta para que viva com dignidade. É neste entender que podemos compreender o senhorio de Deus. Fica basicamente explicito que não existimos somente por nós e para nós, mas sim para o engrandecimento da gloria do criador. De modo muito especial entra o papel da igreja, aquela que foi criada pelo próprio Cristo, e elevada como a educadora da moral e dos ensinamentos da fé cristã. A igreja é a grande semeadora de nossos tempos! Ela é de fato uma mendiga rica. Rica porque recebe tudo de Deus, mas mendiga porque nada é dela. É esta igreja que no decorrer dos dois milênios foi instrumento para semear o amor que é Cristo no coração da humanidade.
                 Semear a vida não é difícil, basta que conhecemos esta grande eficácia para que possamos de maneira intelectual entendemos o que Deus tem para nós e o que ele quer de nós. Semear a vida é um pai ensinar a seus filhos que se deve amar primeiramente a Deus e depois a eles mesmos. Semear a vida é começar a perceber e encontrar as preciosidades nas pequenas coisas. Semear a vida é plantas alegria em um solo ruim, e ter esperança que as primeiras folhinhas ultrapassem e surjam em um solo pedregoso.
“Semear a vida é viver o que Deus nos pede e ser espelho e exemplo deste amor que prefere as vidas dos que os domínios da Terra.”
                  Estas sementes que Cristo plantou e plantara no coração de cada ser humano nos torna os eleitos capazes de mudar a face do mundo. Quando alguém que deixou Cristo plantar uma semente em seu coração e abre a sua boca para falar do amor de Deus aos povos é algo para se deleitar e saborear, pois é um amor revolucionário, um amor que pode ultrapassar as barreiras das impossibilidades, o amor que de fato quer e pode mudar o mundo. Dizia o grande autor Augusto Cury: Que sabedoria se escondia no cerne da inteligência de Cristo!
                 Jesus, algo realmente grande se faz em uma coisa tão minúscula, uma semente. Esta pequena semente que é Cristo pode ser plantada em seu coração, germinar, crescer e dar frutos, destes frutos virão novas sementes que podem ser lançadas em outras vidas para que ocorra o mesmo processo, e assim se cria um ciclo de conhecimento, onde cada vida, cada pessoa tem a oportunidade de transformar o pedregulho do seu coração nos mais belos bosques e jardins da existência.

“A duvida é o principio da sabedoria.”
Aristóteles

               Caríssimos amigos, convido vocês a se igualar a um vazo com terra. Este vazo não tem rachaduras e contem terra boa, mas falta o essencial: a planta. Hoje Jesus planta uma sementinha no vazo que é cada pessoa, cada vida e cada integrante desta geração. Uma sementinha que ira crescer e nos levar para a plenitude gloriosa de Deus. Não se esqueçam que Jesus Cristo foi uma fagulha que nasceu entre os animais, cresceu numa região desprezada, foi silenciado pelo sacrifício na cruz, mas incendiou a historia humana a certo ponto que foi encarado como o homem mais fascinante que já pisou nestas terras cuja nós também pisamos. Cristo nasceu longe dos holofotes e pertenceu a classe dos anônimos, mas como uma semente ele germinou, cresceu e deu frutos, onde a luz que o cobria não era dos palcos dos grandes espetáculos, mas a luz vinha dele mesmo.
                Oro a Deus para que seja assim conosco. Que a luz que nos cerca venha de nós, venha de Deus que abita em nosso ser, aquele que quer semear uma semente de vida em cada pessoa que necessita dar uma nova resposta a sua existência. Contudo basta que autorizemos este Deus de cumprir a sua eterna meta de salvação em nós.

“Semeie a vida e colhera milagres!”

Lucas de Almeida Moraes