Pages

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Amar as vidas perdidas!

Talvez você não veja uma vida
que possa se transformar, mas
Deus pode ver! 

         Queridos amigos e amigas, com enorme satisfação recebo vocês para uma nova reflexão inspirada no bem maior que é Deus e no seu evangelho. Hoje, debaixo dos dons da sabedoria, iremos especialmente refletir sobre aquelas vidas que disseram não a verdade e continuam a caminhar pela “verdade” que não passa de ilusão e incerteza, pois ela mesma a criou. Na sua independência e rebeldia, criou templos dentro de si e colocou sobre o pedestal sua vontade e não a de Deus. Aqueles que chamam de racionalidade não aceitar a existência de algo maior que nós, maior que o mundo e dominador de todo o universo.  Contudo venho lembrar a vocês hoje , Cristo nos pede que amemos as vidas perdidas. Deus ama até aquele que diz não para ele, que preferem exaltar a sua razão do que o criador que plantou a razão no homem.
         Amar as vidas perdidas é olhar para o próximo com os olhos de Deus. Olhar que não julgam, olhar que não acusam e nem olhar que odeia, mas sim olhos que espelham a ternura, o amor e a compaixão. Quando olhamos para Deus com os olhos da fé nós nos deparamos com as nossas faltas e transgressões, e nele encontramos a força e a coragem de seguir mais que uma religião, mas um estilo de vida. Uma vida voltada com mais amor para com os familiares, amigos e acima de tudo os inimigos.

“Dai graças ao Senhor, porque ele é bom, pois sua benignidade dura para sempre.”
Salmos 136-1

         Quem se encontra cheio do Espirito Santo se encontra cheio de amor, e este amor imita a Cristo, aquele que soube amar de tau maneira as vidas perdidas que os acolhia em um abraço e os tornava seres alegres que passaram a crer em um Deus que pode transformar vidas em um simples abraço, um beijo, uma palavra com fé ou até mesmo um simples toque.  Talvez Deus quer usar os seus braços para aquela vida perdida ache o caminho de volta. Deus quer usar a sua boca para dizer palavras que possam ser pontes e estradas para o céu. Deus hoje olha para você e deseja profundamente agir pelos seus gestos, pelas suas palavras e pela sua vivencia, para que os outros vejam em você a porta de entrada para um céu em que nós cristãos cremos profundamente, onde poderemos fazer morada eternamente sobre a sompra do criador.
         Cristo amou as vidas perdidas a certo ponto que morreu e sofreu por todas elas. Ele encarou o peso das transgressões dos homens sobre ombros, e ao mesmo tempo foi cuspido e humilhado por aqueles que estavam sendo salvos pelo sangue dele. O sangue de Cristo nos tirou da maldição e nos elevou ao novo sentido de salvação. O pecado da humanidade era tamanho que um Deus teve que se fazer homem de carne e osso, tomar a nossa natureza e derramar todo o seu sangue em uma morte agonizante e lenta, humilhante e dolorosa.

“Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que , quando éramos ainda pecamos, Cristo morreu por nós.”
Romanos 5-8

Deus quer te restaurar! 
         Em tempos como o nosso devemos pedir a Deus um coração como o dele. Um coração que seja capaz de amar e que possa revolucionar e evoluir vidas, para que sejamos capazes de plantar o amor no solo deste mundo dominado pelas potencias bélicas e pelas sangrentas guerras. Lembro a vocês que Deus é maior  do que qualquer arma, bomba e criações humanas, pois estas coisas são exteriores, machucam e ferem o corpo e a alma. Deus age dentro de nós, ele consegue modelar a alma, consegue transformar qualquer vida, ele pode ir no mais fundo do nosso interior , coisa que nenhuma criação humana pode realizar .
          Jesus na sua vida terrestre ensinou ao próximo que devemos saciar a fome dos famintos e saciar a sede dos sedentos. Assim também devemos alimentar as almas com fome de fé e com sede de esperança. As vidas perdidas esperam alguém que seja capas de ir até elas e lhe mostrar uma vida com Deus, uma caminhada que nunca nos encontramos sozinhos, mas sim muito bem acompanhados.  Temos que mostrar as pessoas que não vale a pena uma vida sem Deus.
          As vidas perdidas devem ser ensinadas que a paz não esta no calibre de uma arma, que educar não é surrar mas sim dialogar, que amar não é sofrer, mas sim descobrir um dos maiores deleites da vida. Precisamos anunciar que o ódio que destrói e mata, que o amor humano não pode ser  completo, mas quando se tem Deus é tudo pode se completar. Uma vida com Deus e para Deus, é uma vida iluminada, uma vida que olha para si e se depara com algo transformado, como um vazo que estava quebrado e foi restaurado.    

“Nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura nós poderá separar do amor de Deus, que esta em Cristo Jesus nosso Senhor.”
Romanos 8-39

           Portanto meus amigos, convido vocês a olharem para si, não o seu físico, mas consultar os seus feitos, suas palavras e seus atos. Mergulhar nos seus pensamentos e procurar o que te impede de chegar até Deus, o que te impede de acreditar no evangelho, o que te  impede de aceitar que um homem que disse que era o caminho a verdade e a vida e morreu por você e te deu a oportunidade de se redimir dos seus erros. O que te impede?
            Faça esta pergunta para Deus: Senhor, o que me impede? Qual é a barreira, qual a iniquidade, qual é o obstáculo?
Adicionar legenda
           Analise seu passado e seu presente. Peça a Deus que as suas transgressões sejam retiradas da sua existência e que você possa caminhar restaurado, para que possa ser uma vida que já não esta perdida, mas que viu as misérias em sua pecadora humanidade e resolveu trilhar um caminho com um só objetivo: o céu.
          Eu queria ser capaz de demonstrar a vocês este o tamanho deste amor, o tamanho deste sentimento que Deus tem para conosco, mas é impossível explicar esta grandiosa façanha em simples palavras humanas, mas de uma coisa sei, Deus consegui me amar, amar você, sua família, seus amigos e conhecidos. Deus é um Pai que abraça seus filhos em um só abraço, nos recebendo com o calor de sua ternura com o profundo e sincero desejo que caminhemos junto a ele.

Lucas de Almeida Moraes 


Um comentário:

  1. "Deus hoje olha para você e deseja profundamente agir pelos seus gestos, pelas suas palavras e pela sua vivencia"

    Lucas de Almeida Moraes

    Lindo Lucas .. =)

    Núbia

    ResponderExcluir