Pages

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Viver a arte da amizade!

Primeiramente temos que ser
amigos de nós mesmos! Pois nos
amando vamos saber amar os outros! 
          Queridos amigos, sejam todos bem vindos a mais uma das inúmeras reflexões, onde Deus faça de maneira extremamente particular no coração de cada pessoa, pois ele pode enxergar além dos olhos humanos e tocar no mais intimo de nosso ser. Hoje vamos nos aprofundar em uma das criações mais fraternas que Deus nos presenteou, que trousse a nós a prova de um amor sem malicias, da certeza da existência de um sentimento que consegue abraçar inúmeros de uma vez só.
          A amizade é o sentimento onde Deus se espelha no abraço, no beijo e nos olhos daquele que te recebeu mais do que simples conhecido, mas sim como um verdadeiro amigo. Quando estamos perdidos nos abstratos confusos da vida, quando marcamos nossos passos nas trevas e estamos em crises, alguém te estende a mão. Este alguém é aquele que te recebeu como irmão, aquele que não divide o mesmo tipo sanguíneo, mas na união divide a própria alma.

“O amigo ama em todo momento, e para a angustia nasce o irmão.”
Provérbios 17, 17

         Caríssimos, a amizade é a verdadeira arte da sabedoria de um Deus que pensou em cada detalhe para a peregrinação terrestre do homem e para sua felicidade, pois quem tem verdadeiros amigos é muito feliz. Deus muitas vezes age por aquela pessoa que te da concelhos, que compartilha suas lagrimas, que reparte momentos e a própria vida. O sacrilégio da amizade é enxergar as maravilhas que o mundo despreza, pois o mundo não cultiva amigos eternos e verdadeiros, mas sim “amigos” que vivem na eterna busca dos interesses e na alto satisfação. Entenda que o mundo não é seu amigo. Ele é uma fabrica de egoísmo. Ele é dono dos arsenais da destruição, e quando eu digo destruição é a flagelação do corpo e da alma. Ele não quer a sua amizade concreta debaixo de lealdade e carisma, mas ele quer tudo o que você tem, e quando eu digo tudo é tudo mesmo.  

“Quem anda com sábios será sábio, mas o companheiro dos tolos sofre aflição.”
Provérbios 13, 20

            Quem anda com os amigos terá um anjo da guarda por perto. Quem anda com Deus terá o discernimento de separar o certo do errado. Quem anda de mãos dadas com o mundo tem o próprio Demônio como “defensor”, ele que veio para matar, roubar e destruir, o autentico e sumo pai da mentira. Se você anda de mãos atadas com o mundo te convido a deixa-lo, pois ele te garante sucesso, fama e bens materiais, mas no final ele te deixa nas mazelas do esquecimento e além de destruir o seu corpo ele pode acabar com sua alma.
             Jesus Cristo, aquele que se intitulava filho de Deus e de fato é o que diz, veio a nós não como um patrão que dita as regras assentado em um trono, mas como aquele que buscava e busca consolar um coração aflito no poder de um abraço, ou seja, Cristo veio ao mundo como um amigo intimo, que era capaz de mudar vidas ao usar o poder das palavras, de transformar alguém banalizado pela sociedade em um ocupante solene nos palcos da existência, de fazer com que os esquecidos fossem as estrelas mais brilhante no meio das galáxias. Ele tinha o poder imensurável e admirável de acolher um leproso e fazer dele um intimo amigo onde aquela pessoa marginalizada era convidada a dividir a mesma mesa para a sagrada partilha do pão. Jesus nos deixa explicito que a amizade no seu mais profundo significado é encontrar um sorriso estampado na face que agonizava pelas suas iniquidades, e encontrar a alegria nos territórios devastados pela tristeza. Amizade é isto: Buscar a nossa felicidade, e estar empenhados no serviço de ajudar os nossos amigos a alcançarem a meta.
Ser amigo é dividir a vida 
                  Jesus veio a nós como um amigo prontificado e empenhado a nos ajudar a alcançar a meta, e esta meta é o céu. Cristo é um grandiosíssimo amigo, pois prova de amor maior não existe do que doar a vida de bom grado pelos seus amigos. O mestre de Nazaré morreu pelos seus amigos e inimigos, ou seja, o amor dele era tão grande para conosco que ele morreu até por aqueles que não o tinha como amigo.  

“Na amizade encontramos a lealdade que esta de mãos atadas com a fidelidade.”

                 A arte que é a amizade é tornar a vida mais colorida com os pinceis da paciência e com as aquarelas da fidelidade. Quando temos as cores e os pinceis em mãos podemos criar mundos diferentes e fazer da vida uma eterna obra de arte, e é isso que a amizade nos proporciona, conhecer pessoas, culturas e personalidades diferentes. Uma porta aberta para o conhecimento. E é por isso que Jesus quer ser nosso amigo, pois nele podemos conhecer o caminho a verdade e a vida.
                 Ter amigos é estar de frente para uma tela prestes a ser pintada. Você começa a colorir com carinho e admiração, mas estamos propícios aos erros, e quando nos deparamos achamos um erro. Quando isto acontece somos convidados a começar tudo demovo e lembrar dos momentos em que a amizade teve sua ápice, e por isso que muitas vezes vale a pena perdoar. No perdão reconhecemos a nossa igualdade, a nossa identidade de seres humanos, pois todos nós, seres de carne, estamos sujeitos aos tropeços. Quando perdoamos os nossos amigos nós estamos praticando a verdadeira amizade, o sentimento que foi machucado mas que não morreu.
                 A arte de ser amigo requer de nós a paciência, persistência, lealdade, lagrimas, cuidado conosco e com os outros, amor, carinho e acima de tudo saber quando apoia-los, pois as vezes o amigo não esta ali para somente apoiar, mas sim ser a voz de Deus que te alerta e contraria. Temos que entender que as vezes o papel do amigo é ser contra  certos atos, pois não devemos apoiar coisas que aparentemente não trará o bem para o nosso próximo. Neste contexto se encaixa muito bem o conhecido ditado: Quem avisa amigo é.

“Deus fala pelas palavras benéficas dos nossos amigos!”

               Quem tem amigos ama a sua vida, pois compreendeu que é impossível ser feliz sozinho. Por isso sejamos amigo de Cristo, pois sem ele é impossível ser feliz, é impossível descobrir o porque da vida, o porque da existência e o porque da nossa humanidade. É esta humanidade que é convidada constantemente a participar de maneira verdadeira desta amizade com Cristo. É esta amizade que ultrapassara as barreiras da morte, pois Cristo continua sendo nosso amigo até depois da nossa caminhada terrestre. Ele quer ser tão amigo de cada ser humano que ele deseja profundamente que todos sejamos juntamente com ele um morador do céu.
               Amigos, quando alguém tropeçar estenda a sua mão, quando alguém errar esteja disposto a perdoar quantas vezes forem possíveis. Quando alguém lhe der as costas continue amando esta pessoa, pois o ódio destrói um coração que ama. Temos que imitar a Jesus. Enquanto aquele homem estava sendo levado para o calvário a maioria dos que estavam a sua volta o odiava, mas Cristo mesmo assim continuou amando.  Amar quem nos odeia para nós cristãos não é sinal de tolice, mas sim de gloria, pois é o amor que nos garante um céu, é o amor que nos apresenta um Deus que se encarnou e veio fazer parte da nossa humanidade partilhando conosco a dificuldade de viver em um mundo tão problemático.

“O amor é a única arma contra o ódio! Se eu for contra o ódio armado com a maldade eu estarei de alguma forma o alimentando, mas se eu for armado com amor contra o ódio eu o destruirei, pois os dois são de naturezas distintas. Somente os verdadeiros amigos sabem derrotar o ódio, pois reconhecem na sua amizade a eficácia do amor.”

            Amados, hoje os convido a ter um novo olhar para com seus amigos. Os convido a olhar para eles com mais amor e carinho, para que eles possam encontrar em vocês o apoio nas horas difíceis da vida. Quem não tem amigos não tem aonde se apoiar e por isso vivem tropeçando e caindo. Sejamos imitadores de Cristo, aquele que soube dizer não nas momentos apropriados, que soube perdoar aqueles que o negavam e até mesmo o traíram. O mestre que veio até nós e partilhou a sua vivencia conosco tinha amigos, e a sua amizade era puro amor, e este amor é capaz de destruir o ódio e alimentar os famintos de atenção.

“Quem imita a Cristo sabe que o amor pode mudar vidas!”

Lucas de Almeida Moraes
Quem tem amigos sabe e é capaz de amar! 

                                                                 Amigo para sempre! 

Um comentário:

  1. EU AMO VOCÊS MEUS AMIGOS!

    Aproveito e reconheço as minhas falhas, meus arros e tropeços. Sou humano como todos vocês, e quero que saiam que todos tem um lugar no meu coração! AMO VOCÊS TODOS! Afonso, Douglas, Fabiano, Eduardo, Larissa, Sussu, Suellen, Regiane, Patricia, Rebeca, Priscila, Stoco, Stuqui, Rafael e todos vcs!

    ResponderExcluir