Pages

domingo, 8 de abril de 2012

Pascoa, o triunfo da luz sobre as trevas!

Ja não existe mais um corpo! 

            Queridos e amados amigos, é um dia de extrema solenidade digno de festa, é pascoa! A luz de Cristo venceu a escuridão da morte e por ele brotou uma vida nova. Ele vive, e esta no meio de nós, abitando em meu e no seu coração. A alegria derrotou a tristeza de nossas almas e a felicidade reinou em nosso ser. O sorriso de Cristo se expressa hoje em cada ser vivo para mostrar ao homem que ele esta vivo e quer abitar em cada vida, em cada família e em cada coração.
             Hoje lembramos daquele que morreu como um humano, mas ressuscitou da morte como um verdadeiro e soberano Deus. Aquele que teve os punhos e os pés perfurados por cravos, sofreu, morreu e ressurge glorioso, vivo e para nunca mais adormecer, pois des do dia em que foi marcado o santo sacrifício, Cristo continua vivo e triunfante até depois do final dos tempos. Sua gloria não terá fim, ele é o alfa e o ômega, o principio e o fim, o tempo que passou, que passa e passara.

“Deus é luz, e não há nele treva nenhuma.”
1 João 1, 5

             No antigo testamento, no qual temos presente na sagrada escritura, a pascoa era marcada pela libertação do povo de Israel das garras do Egito, no qual os mantinha como escravos e aprisionados nos domínios do tirano faraó. Agora, na nova aliança entre Deus e os homens, somos nós que somos prisioneiros nos cárceres das trevas e do medo. É Jesus na sua ressurreição que nos liberta das prisões e nos apresenta a liberdade.
             A pascoa é o triunfo da luz sobre as trevas, é o momento em que Cristo se inflama de sua divindade e nos apresenta um Deus que ama a humanidade a ponto de vir e se fazer homem de carne e osso, morrer e ressuscitar para nos revelar que nele esta o verdadeiro caminho para a luz, o fogo santificador do Espirito Santo.
            No momento em que a ressurreição do Salvador se concretiza, é a certeza que nós temos que Cristo é de fato o filho e o próprio Deus. Com ele nós também triunfaremos, pois se morremos com Cristo com os nossos pecados nós também ressuscitaremos na luz como ele.

“Se, porem, andarmos na luz, como ele está na luz, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu filho, nos purifica de todo pecado.”
1 João 1,7

           Me sinto na responsabilidade de dizer-lhes que se quisermos encontrar a luz o caminho não sera tranquilo e muito menos fácil. O caminho da luz é o caminho pedregoso, carregando a cruz e estando constantemente pronto para os sacrifícios da vida em Cristo. O constante caminho da luz é feito de entregas totais, de dedicação e fé naquele que se sacrificou por muitos. Assim como o trajeto de Cristo o nosso caminho para a luz é o caminho do calvário, pois grandes sacrifícios resultam em grandes vitorias. Jesus ressuscitado é a prova de um grande sacrifício. Veio a ressurgir como o fogo da vela que foi apagada e voltou a ser acesa, o resultado de uma das maiores provas de amor que já existiram na historia.
             A ressurreição do mestre de Nazaré é um testemunho do imenso poder de Deus. Convenhamos que desafiar a morte não é fácil, praticamente impossível. Deus nos mostra a sua grandeza e supremo domínio no momento em que seu filho, morto na carne, se torna vivo aos olhos dos homens. Acreditar na ressurreição é acreditar em Deus! Se Deus realmente existe como guia a nossa fé, e se ele criou o universo e tem poder sobre o mesmo, então ele tem poder de dar a vida a quem esta morto, e fazer das cinzas novos homens e novas mulheres concretizados na fé.

“Aquele que afirma que pertence nele, deve andar como ele andava.”
1 João 2,6

            A pedra que tampava o tumulo foi removida. Não existe mais um corpo, não existe mais dor e sofrimento, mas sim vitória e certeza que ele vive novamente. Como Cristãos, podemos nos confortar com o fato de que Deus se tornou homem, morreu pelos nossos pecados, foi morto e ressuscitou glorioso no terceiro dia como avia prometido. As pedras do tumulo não poderia e não era capaz de segura-lo! Ele de fato vive hoje e se senta a direita do Pai. Ele esta presente em cada coração e em cada ser que o busca verdadeiramente para participar de sua pascoa com Jesus. Por tudo isto alegrai-vos povo de Deus, pois a Igreja viva tem um Cabeça vivo, e se ele permanece vivo a Igreja nunca desabara, pelo contrario, sempre estará fortificada nas paredes que foram erguidas des dos tempos dos apóstolos e continuam de pé até o fim dos tempos para a gloria de Deus e seus magníficos feitos.
             Queridos, não deposite a linda festa da pascoa no que o mundo criou inspirado em meras fantasias. Pascoa não é somente ovos de chocolate e bombons. Pascoa é a celebração da vida, é a certeza que existe um tumulo vazio, onde repousava um corpo que no qual não esta mais lá. Portanto, se policiem e não se encantem pela doçura de um pedaço de chocolate, mas se encantem em Cristo, a doçura em pessoa, o príncipe da paz que se entregou para o bem de seu povo.

“Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou seu filho unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele.”
1 João 4,9

               Amigos, que esta pascoa seja especial em sua vida. Que ela seja um marco em sua existência, pois você é um marco na historia de Cristo. Desejo do fundo de minha alma que Jesus ressuscite também em seu coração e que ele possa ser presente em seus atos, palavras e ações. Seja um templo vivo onde as pessoas possam encontrar o ressuscitado em sua vida para que Cristo poça fazer morada nelas também!
              Que o Cristo vivo esteja com todos vocês! Feliz pascoa!

Lucas de Almeida Moraes

“O tumulo fechado impede os olhos de contemplarem o poder de Deus, nos priva de testemunhar o triunfo da luz. O tumulo aberto é a prova que não existe mais um cadáver entregue aos vermes, mas sim que a vida surgiu novamente e esta no meio de nós!” 

Os vales serão levantados


msn: lam-hp@hotmail.com 
facebook: Lucas De Almeida Moraes 
Skype: lucass294

Nenhum comentário:

Postar um comentário