Pages

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A teoria da evolução é a resposta para a não existência de Deus?

                Queridos amigos, sejam novamente bem vindos a mais um momento de reflexão  e recolhimento. Hoje quero expor a vocês um assunto que muitíssimas vezes serviu de contradição a nossa fé e que vem sendo estudada a séculos surpreendendo os campos da ciência e da própria religião: a teoria da evolução.
               Não é de tempos recentes que cientistas vêm arduamente trabalhando, discutindo, evidenciando e interagindo entre si para apresentar respostas concretas e plausíveis e esta duvida da concepção da vida. Incrivelmente sobre os cuidados da igreja medieval muitas pessoas contribuíram muito com estes estudos modernos. Muitos padres e clérigos apaixonados por botânica e anatomia começaram a estudar na renascença dentro de mosteiros e nos campos. Eles também trabalhavam em sítios arqueológicos e em locais que guardavam evidencias de vidas milenares, como em grutas com desenhos rupestres e antigas escritas.        Antes de Charles Darwin o mundo não era tão conhecedor desta intrigante hipótese, mas a partir de seus estudos cravados em seu famoso livro “A origem das espécies” em 1859, o globo começou a explorar esta teoria que para alguns era suma e irrevogável. Esta inovação abriu as portas para inúmeras faculdades mentais nos trazer estudos fascinantes e que trabalharia os incontáveis campos do pensamento humano.

“Como dizia Pitágoras: a evolução é a lei da vida, o numero é a lei do universo, mas tudo isto funciona a sombra de um sumo criador e mediante a sua questionável autoridade, Deus!”

                 Apesar de essas evidencias aprimorarem nossos estudos e pensamentos, alguns os encararam como uma prova irrevogável da não existência de Deus. Interpretaram a hipótese de Darwin como uma prova contra a criação de todas as coisas realizada por um ser maior e onipotente, ou seja, o banimento da ideia de que Deus tenha sido autor de toda criação.  Muitos, até os dias atuais, usam o evolucionismo para tentar provar que o Genesis não tem fundamento e é uma farsa acrescentada nas sagradas escrituras por pessoas sem estudo nenhum do caso e desconhecedores das leis de evidencia.

“Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em suas narinas o folego de vida, e o homem se tornou um ser vivente,”
Genesis 2, 7

                 Contudo, apesar de muitos dizerem que o fato da evolução é a resposta para a não criação de Deus eu afirmo e digo que o evolucionismo não é a prova da não existência de um ser supremo, na verdade chega até ser uma forma de compreendê-lo com mais facilidade e de fantásticas maneiras.
Charles Darwin 1809-1882
                Darwin no momento que começou a estudar as evidencias e as provas do inicio da vida não teve crises de fée muito menos deixou de acreditar na existência de Deus. Na verdade ele muitíssimo cristão, tanto é que chegou a cursar alguns anos aulas de teologia e em certos momentos de sua vida pensou em ser padre até se casar com Emma Wedgwood. Quando estava empenhado em seus trabalhos ele não teve a intenção de atrapalhar ou abalar a fé dos outros, mas mostrou a nós simples leis de evidencias onde pode-se encontrar de alguma maneira o dedo de Deus para haver tanta perfeição.
                Não se pode descartar as possibilidades e evidentes provas de uma evolução. É obvio e temos provas visíveis que os seres assim como nós humanos, até mesmo os animais irracionais passaram por transformações anatômicas que foram e são desenvolvidas e cada vez mais evidentes em cada estagio temporário em milhares de anos. Contudo volto a dizer que apesar das provas visíveis desta grande teoria não é cabível dizer que não existiu a participação da divindade na formação da vida e do mundo, ao contrario, podemos com cautela, estudo e muita atenção perceber que Deus na sua grandiosa sabedoria esta presente em cada fato histórico e evolutivo marcado neste longo estagio de tempo chamado eternidade.   Fantasticamente a divindade conseguiu criar a vida de maneira infinitamente interessante, capaz de provocar incontáveis explosões de intelectualismo em busca de respostas.
                 Podemos afirmar que no momento em que ocorreu as mutações genéticas, anatômicas e atômicas, Deus como sumo criador e autor da vida estava presente ali, participando de tamanha maravilha, criando cada detalhe que ao completo veio se tornar evolução. Sem duvidas para nós que cremos foi pela inteligência estupenda do criador que surgiram as primeiras células com suas maravilhosas estruturas com o núcleo, os glóbulos vermelhos e brancos contidos no sangue, a ligação dos órgãos para que funcionassem de maneira harmoniosa e em conjunto, as raízes dos pelos que esquentam o corpo assim como toda a estrutura corporal, das unhas de nossos pés, até os fios de nossos cabelos.
                 Como é estudado nas escolas sabemos que as incontáveis evoluções se deram pelo clima ambiente, pelo espaço geográfico e pela interação e misturas de raças, ou seja, este mundo criado pelas mãos e sabedoria de Deus, que tem inúmeros detalhes que ainda precisam ser descobertos, foram palco da evolução da vida para que chegássemos hoje e sermos o que somos.

“Não, a vida não é uma festa permanente e imóvel, ela é uma evolução constante.”
Ramalho Ortigão

                 Charles Darwin quando se refugiava em suas grandes jornadas e aventuras em busca de respostas da evolução das espécies, quando estudava cada órgão das incontáveis estruturas dos seres viventes, cada esqueleto e cada fóssil ele não contrariava que avia uma participação muito especial em tudo aquilo, na verdade penso que a cada descoberta ele louvava a Deus por tamanha sabedoria para criar sistemas corporais tão perfeitos que ao longo do tempo teve suas modificações. Darwin reconhecia em cada pequenino detalhe a grandeza de Deus.
                Os anos que Darwin estudou teologia e Medicina os ajudou a nunca separar a ciência da sua fé. De maneira benéfica ele conseguia conciliar as duas de modo pacifico e sem conflitos.
                Se estudarmos um pouco da matéria que aborda os estudos biológicos da Darwin e algumas leis de evidencia que nas quais muitas delas é mérito dele, seria tolice dizer que a evolução não é uma estrutura teórica bem definida. O criacionismo também é uma teoria muito bem explicada e ensinada pelos teólogos e filósofos religiosos, que tem como evidencia de fé nas sagradas escrituras e até mesmo na historia. Penso que de alguma forma estas duas grandes ciências de evidencia e de fé possam andar juntas e de mãos atadas.    Deus no silencio mais profundo mostrou ao homem durante todo este tempo que ele agiu de diversas maneiras. Ele conseguiu conciliar a evolução e a criação para que hoje olhemos para a nossa historia e notarmos diferenças não somente físicas, mas também de pensamentos e opiniões.
                   Obviamente não podemos negar que a uma certa rivalidade e disputa cultural, politica e teológica recorrente sobre as origens da vida, assim mesmo a formação da Terra, da humanidade ao todo, o universo e as galáxias e etc. Existe, é claro, uma eterna disputa entre os que concordam e defendem a crença religiosa do criacionismo contra os que aceitam o evolucionismo. Contudo apresento hoje a vocês uma nova maneira de buscar respostas no qual não banimos nenhuma das suas possibilidades, pelo contrario, as unimos com harmonia e as tornamos compatíveis sem conflito algum.

“Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades, lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível!”
Charles Chaplin

                  Amigos, confesso que não sou expert nesse campo de estudo, mas na melhor das intenções não quis mostrar neste texto a explicação exata de uma ciência, mas tive a intenção de apresentar que a fé e a ciência, que a evolução e a criação e que o divino e o humano podem andar juntos respeitando os limites e impedindo conflitos que gerariam incontáveis desentendimentos. Portando, saibam que nenhuma teoria abala a existência do nosso Deus. A fé que esta em nós e que esteve em nossos ancestrais não é em vão, ele é a fonte da vida e o que nos fortalece a viver cada dia como se fosse o primeiro e o ultimo de nossas vidas.

Lucas de Almeida Moraes

“O homem com suas nobres qualidades, ainda carrega no corpo a marca indelével de sua origem modesta.”
Charles Darwin

“O homem que tem coragem de desperdiçar uma hora do seu tempo não descobriu o valor da vida.”
Charles Darwin
 msn; lam-hp@hotmail.com
facebook: Lucas De Almeida Moraes
skype: lucass294

Um comentário:

  1. véi na boa a Ciência é só a Receita Deus é o cozinheiro.

    ResponderExcluir